A metapsicologia freudiana: uma leitura heideggeriana

uma leitura heideggeriana

  • Vitor Duarte Ferreira
  • Caroline Vasconcelos Ribeiro

Resumo

O presente trabalho procura examinar a metapsicologia a partir da crítica que o filósofo Martin Heidegger, na obra Seminários de Zollikon, dirigiu à psicanalise de Freud. Para Heidegger, a metapsicologia freudiana foi construída sob influência dos procedimentos das ciências naturais e da filosofia neokantiana. Apesar de categórica, esta afirmação não é exaustivamente examinada na referida obra, que é composta por atas das aulas proferidas por Heidegger, diálogos e cartas trocadas com o psiquiatra suíço Medard Boss. Nosso objetivo nesse artigo consiste em examinar este posicionamento heideggeriano e buscar seus fundamentos, já que se trata de um posicionamento diferente de muitos comentadores da psicanálise.

Publicado
2018-04-16
Como Citar
FERREIRA, Vitor Duarte; RIBEIRO, Caroline Vasconcelos. A metapsicologia freudiana: uma leitura heideggeriana. Aprender - Caderno de Filosofia e Psicologia da Educação, [S.l.], n. 18, abr. 2018. ISSN 2359-246X. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/aprender/article/view/3651>. Acesso em: 19 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/aprender.v0i18.3651.