Índice de criminalidade nas cidades do Rio Grande do Sul: hierarquização e dispersão espacial entre 2007 e 2014

  • Darcy Ramos da Silva Neto Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Victor Lima Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)
  • Clailton Ataídes de Freitas DERI/UFSM

Resumo

O artigo tem o objetivo de construir um Índice de Criminalidade (IC) que contemple todas as cidades
do estado do Rio Grande do Sul entre 2007 e 2014, por meio da ferramenta de Métodos Quantitativos de
Estatística Multivariada, e aplicação da metodologia de Analise Fatorial (AF). Porto Alegre, Canoas e Caxias do
Sul apresentaram os maiores índices de criminalidade do estado no período de 2007 e 2014. Além disso, o estudo
revelou que, em geral, os maiores índices de criminalidade concentram-se nas cidades gaúchas pertencentes à
região metropolitana de Porto Alegre e os menores índices, nas cidades interioranas.

Publicado
2018-11-30
Como Citar
DA SILVA NETO, Darcy Ramos; LIMA, Victor; DE FREITAS, Clailton Ataídes. Índice de criminalidade nas cidades do Rio Grande do Sul: hierarquização e dispersão espacial entre 2007 e 2014. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, [S.l.], p. 21, nov. 2018. ISSN 2358-1212. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa/article/view/4462>. Acesso em: 06 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/ccsa.v15i26.4462.
Seção
Artigos