A evidenciação da Resolução n° 1.429/2013 nos clubes campeões da Copa do Brasil entre 2013 e 2017

  • Kallyse Priscila Soares de Oliveira Freira Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
  • André Luiz Souza Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)
  • Roberto Vasconcelos Costa Júnior Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)

Resumo

Com a profissionalização do futebol os clubes passaram a ser grandes entidades que começaram a
movimentar bilhões em um mercado bastante acirrado. Diante desse mercado, passou-se a ter um olhar especial
aos ativos intangíveis. O presente estudo tem o objetivo de analisar a adequação dos clubes campeões da Copa
do Brasil no período de 2013 a 2017 à Resolução n° 1.429/2013. Tal pesquisa se justifica pela contribuição que a
Contabilidade traz para o tema. O presente estudo caracteriza-se como exploratório, bibliográfico e quantitativo.
Para a aplicação dos testes, foram analisadas mediante a aplicação do check-list dez variáveis que poderiam estar
presentes nas demonstrações contábeis dos clubes. Das dez variáveis contidas no checklist, e dos cinco clubes
analisados, destaca-se a Sociedade Esportiva Palmeiras com melhor desempenho (90%), e com pior desempenho
Clube Atlético Mineiro com 60%.

Publicado
2018-12-11
Como Citar
FREIRA, Kallyse Priscila Soares de Oliveira; SOUZA, André Luiz; COSTA JÚNIOR, Roberto Vasconcelos. A evidenciação da Resolução n° 1.429/2013 nos clubes campeões da Copa do Brasil entre 2013 e 2017. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, [S.l.], p. 16, dez. 2018. ISSN 2358-1212. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa/article/view/4503>. Acesso em: 24 mar. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/ccsa.v15i26.4503.
Seção
Artigos