Sobre a Natureza Fonológica da Ortografia Portuguesa (À propos de la Nature Phonologique de l’Orthographe Portugaise )

  • Maria Helena Mira Mateus Universidade de Lisboa (ULisboa/Portugal)

Resumo

O presente texto tem como objectivo argumentar sobre a natureza fonológica da ortografia portuguesa e, com base nesta afirmação, discutir a simplificação dessa ortografia, simplificação que tem sido a finalidade de várias reformas e de algumas tentativas de acordo entre Portugal e o Brasil. A discussão das questões fonológicas é precedida a) de uma referência aos problemas suscitados pela proposta de acordo datada de 1986, e b) de um resumido excurso histórico baseado em gramáticas portuguesas, com início nas gramáticas quinhentistas.
PALAVRAS-CHAVE: Ortografia. Fonologia. Letra. Vogal. Consoante.

RÉSUMÉ
Ce texte a pour but de présenter une argumentation sur la nature phonologique de l’orthographe portugaise et, ancré sur cette affirmation, d’en discuter la simplification. Cette simplification a été la finalité de maintes réformes et de quelques tentatives d’obtenir un accord entre le Portugal et le Brésil à ce sujet. La discussion des questions phonologiques est précédée a) par une référence aux problèmes soulevés par une proposition d’accord présentée en 1986, et b) par un rapport historique résumé, basé sur des grammaires portugaises à partir du seizième siècle.
MOTS-CLÉS: Orthographe. Phonologie. Lettre. Voyelle. Consonne.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Maria Helena Mira Mateus é doutora em Lingüística pela Universidade de Lisboa, Portugual. Professora Catedrática Jubilada da Universidade de Lisboa. Presidente do Insituto de Lingüística Teórica e Computacional, ILTEC. Coordenadora de vários projetos, dentre eles: Diversidade Linguística na Escola Portuguesa; Understanding Phonology. Autora e co-autora de vários artigos publicados em revista especializada, dentre eles Gramática da Língua Portuguesa; Variação e Variedades: o Caso do Português; O Português: Caminhos da Investigação; The Structure of the Portuguese Syllable. Autora e co-autora de vários livros, dentre os quais: O Essencial sobre Linguística; Fonética e Fonologia do Português; Língua Portuguesa e Cooperação para o Desenvolvimento; The Phonology of Portuguese.

Referências

BARBOSA LEÃO, J. Consideraçõis sobre a Ortografia Portugueza. Lisboa: [s.n.], 1875.
BARBOSA LEÃO, J. Unidade, identidade, imortalidade da alma. Espécime de escrita sónica. In: BARBOSA LEÃO, J. Colèção de estudos e documentos a favor da reforma da ortografia em sentido sónico. Lisboa: Imprensa Nacional, 1878.
BARBOSA, J. S. Gramatica Philosophica da Lingua Portugueza ou Principios da Grammatica Geral applicados à Nossa Linguagem. Lisboa: Tip. da Academia Real das Sciencias, 1822.
BARROS, J. de. Grammatica da Lingua Portuguesa. Lisboa: Luis Rodrigues, 1540. A edição consultada é de Maria Leonor Buesbu, Lisboa: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, 1971.
BECHARA, E. Moderna Gramática Portuguesa. 37. ed. revista e ampliada. São Paulo: Cia. Editora Nacional. Rio de Janeiro: Lucerna, 1999. Edição original: 1969.
CALHEIROS, F. X. Escripta sem letras ou novo systema d’escripta syllabica. Inventada por Francisco Xavier Calheiros. Porto: [s.n.], 1866.
CARVALHO, J. J. C. de. Prosódia e ortografia. Lisboa: Imprensa Nacional, 1910.
CASTRO, I.; DUARTE, I.; LEIRIA, I. A Demanda da Ortografia Portuguesa. Comentários do Acordo Ortográfico de 1986 e subsídios para a compreensão da Questão que se lhe seguiu. Lisboa: Edições João Sá da Costa, 1987.
CUNHA, C.; CINTRA, L. Nova Gramática da Língua Portuguesa. Lisboa: João Sá da Costa, 1984.
FARACO, C. A. Escrita e Alfabetização – características do sistema gráfico do português. São Paulo: Contexto, 2000.
FEIJÓ, J. de M. M. Orthographia ou Arte de Escrever e pronunciar com acerto a Lingua Portugueza para uso do Excellentissimo Duque de Lafoens. Lisboa: Na Regia Officina Typografica Gato, Piero, 1734. (c.
1920). Ortografia Fonetica da Lingua Lluzo-Brasileira. Bahia.
GONÇALVES, M. F. As idéias ortográficas em Portugal – da etimologia à reforma (1734-1911). 1998. Dissertação (Doutoramento) – Évora, Universidade de Évora, 1998.
JESUS MARIA, Fr. B. de. Grammatica philosophica e orthographia racional da lingua portugueza, para se pronunciarem e escreverem com acerto os vocabulos d’este idioma. Lisboa: Off. de Simão Thaddeo
Ferreira, 1783. Public. com o nome de Bernardo de Lima e Mélo Bacelar.
LOPES, O. O Acordo Ortográfico. In: CASTRO, I.; DUARTE, I.; LEIRIA, I. A Demanda da Ortografia Portuguesa. Comentários do Acordo Ortográfico de 1986 e subsídios para a compreensão da Questão que se lhe seguiu. Lisboa: Edições João Sá da Costa, 1987. p. 129-133.
MARTINS, A. M. Ainda ‘Os mais antigos textos escritos em português’: documentos de 1175 a 1252. In: FARIA, I. H. (Org.). Lindley Cintra: homenagem ao homem, ao mestre e ao cidadão. Lisboa: Cosmos-FLUL, 1999. p. 491-534.
MATEUS, M. H. M.; D’ANDRADE, E. The Phonology of Portuguese. Oxford: Oxford University Press, 1999.
MATEUS, M. H. M. et al. Gramática da Língua Portuguesa. 5. ed. revista e aumentada. Lisboa: Editorial Caminho, 2003.
OLIVEIRA, F. de. Grammatica da Lingoagem Portugueza. Lisboa:e[m] casa de Germão Galharde, 1536. Última edição: Gramática da Linguagem Portuguesa. Edição crítica, semidiplomática e anastática por
AMADEU, T.; ASSUNÇÃO, C. com um estudo introdutório do Prof. Eugenio Coseriu. Lisboa: Academia das Ciências de Lisboa, 2000.
PEREIRA, B. Regras geraes, breves e comprehensivas da melhor ortografia, com que se podem evitar erros no escrevr da lingua latina e portugueza, para se ajuntar à Prosodia. Lisboa: [s.n], 1666.
PRISTA, L. De filólogos a linguistas. In: MATEUS, M. H. M. (Org.). Catálogo da Exposição Caminhos do Português. Lisboa: Biblioteca Nacional, 2001. p. 157-218.
SOUSA, J. A. De. Escritura repentina. Nova tentativa de revolução orthographica. In “O Instituto”.
Publicado
2006-06-30
Como Citar
MATEUS, Maria Helena Mira. Sobre a Natureza Fonológica da Ortografia Portuguesa (À propos de la Nature Phonologique de l’Orthographe Portugaise ). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 3, n. 1, p. 159-180, jun. 2006. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1014>. Acesso em: 16 out. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v3i1.1014.