Mais Fundamentos para a Hipótese de Proximidade Genética do Araweté com Línguas do sub-ramo V da Família Tupí-Guaraní (Further Foundations for the Hypothesis of Genetic Proximity of the Araweté Language to the Languages of sub-set V of the Tupí)

Resumo

Neste artigo, desenvolve-se, com ênfase em aspectos morfossintáticos, uma análise contrastiva de dados lingüísticos do Araweté e de línguas representativas de quatro subconjuntos orientais da família lingüística Tupí-Guaraní (subconjuntos IV, V, VI e VIII), cujos resultados apontam para uma maior proximidade genética do Araweté com as línguas do subconjunto V, como havia sido proposto por Rodrigues (1985), quando dados dessa língua ainda eram bastante limitados. O estudo fornece também indicações de estágios anteriores, a partir dos quais o Araweté teria se diferenciado das demais línguas do seu subconjunto.
PALAVRAS-CHAVE: Morfossintaxe. Relações genéticas. Diversificação lingüística. Modelo arbóreo. Família Lingüística Tupí-Guaraní.

ABSTRACT
This paper deals with contrastive analysis with emphasis on morphosyntactic aspects of Araweté and other representative languages of four eastern sub-sets of the Tupí-Guaraní family (sub-sets IV, V, VI and VIII). The results showed a great degree of genetic proximity of the Araweté language to languages of sub-set V, as proposed by Rodrigues (1985), when Araweté was still scarcely known. The study also offers indications of previous stages of the Araweté language history, from which it would have differentiated from the other languages of sub-set V.
KEYWORDS: Morphosyntax. Genetic relations. Family tree model. Tupí-Guaraní linguistic family.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Ana Suelly Arruda Câmara Cabral é Professora Adjunta do Departamento de Lingüística, Línguas Clássicas e Vernácula, UnB, atuando como pesquisadora, professora e orientadora de Graduação e Pós-Graduação junto ao Laboratório de Línguas Indígenas, IL, UnB. Autora de mais de 20 artigos publicados em revistas nacionais e internacionais, entre os quais: Fonologia da língua Zo’e; Observações sobre a história do morfema -a da família Tupí-Guaraní; A Posição do Akuntsú na Família Lingüística Tuparí; Flexão relacional na família Tupí-Guaraní; Contribuição aos estudos comparativos da família Tupí-Guaraní; Evidências morfológicas para a não-classificação genética do Kokáma. Co-organizadora de 11 livros publicados, entre os quais: Novos Estudos sobre Línguas Indígenas; Dicionário Asuriní do Tocantins – Português; Por uma educação indígena diferenciada; Mair ixo rahã yman keje. É também autora de 12 capítulos de livros, entre os quais: Sobre a História das Línguas Tupí-Guaraní Faladas no Tocantins; O desenvolvimento do gerúndio e do subjuntivo em Tupí-Guaraní; O desenvolvimento da marca de objeto de segunda pessoa plural em Tupí-Guaraní; Algumas observações sobre a história social da língua geral amazônica.

##submission.authorWithAffiliation##

Eliete de Jesus Bararuá Solano é Mestre em Lingüística pela Universidade Federal do Pará, onde desenvolveu pesquisa sobre a língua Araweté, família Tupí-Guaraní. Aluna do Programa de Pós-Graduação em Lingüística, LIV, UnB, desenvolvendo junto ao Laboratório de Línguas Indígenas, IL, pesquisa em nível de Doutorado sobre a língua Araweté, empreendendo um estudo sobre essa língua com o intuito de elaborar a sua gramática, sob orientação de Ana Suelly Arruda Câmara Cabral.

Referências

CABRAL, A. S. A. C. ; RODRIGUES, A. D. ; COSTA, L. S. . Notas sobre ergatividade em Xikrin. Liames, Campinas, v. 4, p. 21-28, 2004.
CABRAL, A. S. A. C. O desenvolvimento da marca de objeto de 2a pessoa plural em Tupí-Guaraní. In: CABRAL, A. S. A. C.; RODRIGUES, A. D. (Orgs.). Estudos sobre Línguas Indígenas I. Belém: UFPA, p. 117-145, 2001.
CABRAL, A. S. A. C.; et al. Linguistic diffusion in the Tocantins-Mearim area. In: CABRAL, A. S. A. C.; RODRIGUES, A. D. (Org.). Línguas e Culturas dos Povos Tupí. Brasília: Dupligráfica Editora, v. 1, [s.p], 2006 (no prelo).
CABRAL, A. S. A. C.; RODRIGUES, A. D. Evidências de crioulização abrupta em Kokáma?. Papia Revista Brasileira de Estudos Crioulos e Similares, Brasília, v. 13, p. 180-186, 2003.
CABRAL, A. S. A. C.; SOLANO, E. J. B. Sobre as línguas Tupí-Guaraní do Xingu e os seus deslocamentos pré-históricos. In: SIMÕES, M. S. (Org.). Sob o signo do Xingu. Belém: UFPA/IFNOPAP, p. 17-36, 2003.
CALDAS, R. B. C. Aspecto, Modo de Ação e Modalidade na Língua Ka’apór. 2001. 86 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro de Letras e Artes da Universidade Federal do Pará, Belém, 2001.
CASTRO, E. B. V. Araweté: os deuses canibais. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1986.
CORRÊA DA SILVA, B. C. Urubu-Ka’apór: da Gramática à História – a trajetória de um povo. 1997. 119 f. Dissertação (Mestrado em Lingüística) – Instituto de Letras da Universidade de Brasília, Brasília, 1997.
DOBSON, R. Aspectos da língua Kayabí. Série Lingüística, vol. 12. Brasília: SIL, 1988.
JENSEN, C. J. S. O desenvolvimento histórico da língua Wayampí. (Série Línguas Indígenas). 2 ed. Campinas: Editora da UNICAMP, 1990.
JULIÃO, M. R. S. Aspects morphosyntaxiques de l’anambé. 2005, [s.f], Tese (Doutorado em Ciências da Linguagem) – Université de Toulouse le Mirail, Toulose, 2005.
KAKUMASU, J. Urubú-Ka’apór. In DERBYSHIRE, D. C.; PULLUM G. K. (eds.), Handbook of Amazonian Languages, v. I, Berlin/New York: Mouton de Gruyter, p. 326-403, 1986.
LEITE, Y. F. et al Fonética acústica e representação fonológica: as vogais do Araweté. In: CONGRESSO DA ASSEL, 9, 1999, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Assel, 1999.
LEITE, Y. F. Para uma tipologia ativa do Tapirapé. Cadernos de Estudos Lingüísticos, Campinas, v. 18, p. 37-56, 1990.
LEITE, Y. F.; VIEIRA, M. D. Observações preliminares sobre a língua Araweté. Moara – Revista. dos Cursos de Pós-Grad. em Letras da UFPA, Belém, v. 9, p. 7-31, 1998.
MAGALHÃES, M. M. S. Aspectos fonológicos e morfossintáticos da língua Guajá. 2002. [s.f]. Dissertação (Mestrado em Lingüística) – Instituto de Letras da Universidade de Brasília, Brasília, 2002.
MAUREL, D. Éléments de grammaire Emérillon. Chantiers Amérindia, Paris, Supplément 1 au n. 23.[s.p], 1998.
MONSERRAT, R. M. F.; Irmãzinhas de Jesus. Língua Asuriní do Xingu: Observações gramaticais. Altamira: Conselho Indigenista Missionário, [s.p.] 1998.
RODRIGUES, A. D. Casos de Gramaticalização em Línguas Tupí-Guaraní. In: SEMINÁRIO PERMANENTE DE LÍNGUAS INDÍGENAS DA UFPA, 1998, Belém. Anais... Belém: UFPA, 1998.
RODRIGUES, A. D. Estrutura do Tupinambá (ms), 1981.
RODRIGUES, A. D. Morfologia do verbo tupi. Letras, Curitiba, v. 1, p.121-152, 1953.
RODRIGUES, A. D. Relações internas na família lingüística Tupí-Guaraní. Revista de Antropologia. São Paulo, v. 27/28, p.33-53, 1985.
RODRIGUES, A. D.; CABRAL, A. S. A. C. Revendo a classificação interna da família Tupí-Guaraní. In: CABRAL, A. S. A. C.; RODRIGUES, A. D. (Orgs.). Línguas indígenas brasileiras: fonologia, gramática, história. v. I, Belém: EDUFPA, p. 327-337, 2002.
SILVA, T., F. Classes Verbais e Algumas Questões Pragmáticas na Língua Ka’apór. 2001. [s.f.] Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro de Letras e Artes da Universidade Federal do Pará, Belém, 2001.
SOARES, M. F.; LEITE, Y. F. Vowel shift in the Tupi-Guaraní language family: a typological approach. In: KEY, M. R. (ed.) Language Change in South American Indian Languages. Philadelphia: University of
Pennsylvania Press, p. 36-53, 1991.
SOLANO, E. J. B. A posição do Araweté na Família Tupi-Guarani: considerações lingüísticas e históricas. 2004. [s.f] Dissertação (Mestrado em Letras) – Centro de Letras e Artes da Universidade Federal do Pará, Belém, 2004.
SOLANO, E. J. B. Análise Comparativa de Aspectos Fonológicos das Línguas Asuriní do Xingu, Araweté e Wayampí. In: SIMÕES, M. S. (Org.). Revisitando o Marajó: um arquipélago sob a ótica da ciência, educação e biodiversidade. Belém: NUMA/UFPA/IFNOPAP, p. 11-27, 2005.
SOLANO, E. J. B; CABRAL, A. S. A. C. “Nós somos pele”: o desenvolvimento de um pronome “nós” em Araweté. In: WORKSHOP LINGÜÍSTICA HISTÓRICA E LÍNGUAS EM CONTATO – LÍNGUAS INDÍGENAS DO BRASIL E DE ÁREAS ADJACENTES, Brasília. Anais...Brasília:UnB, 2005.
WEISS, H. E. Para um dicionário da língua Kayabí. 1998. 247f. Tese (Doutorado em Lingüística) – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.
Publicado
2006-12-30
Como Citar
CABRAL, Ana Suelly Arruda Câmara; SOLANO, Eliete de Jesus Bararuá. Mais Fundamentos para a Hipótese de Proximidade Genética do Araweté com Línguas do sub-ramo V da Família Tupí-Guaraní (Further Foundations for the Hypothesis of Genetic Proximity of the Araweté Language to the Languages of sub-set V of the Tupí). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 4, n. 1, p. 41-65, dez. 2006. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1022>. Acesso em: 15 out. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v4i1.1022.