Escrita acadêmica: formas de mobilizar o discurso do outro (Academic writing: forms to mobilize the speech of the other)

  • Sulemi Fabiano Campos Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN/Brasil) http://orcid.org/0000-0002-7212-0621
  • Elza Maria Silva de Araújo Alves Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN/Brasil)

Resumo

Neste artigo, objetivamos analisar as formas de mobilização do discurso do outro na escrita dos conceitos de variação e de mudança em três dissertações de mestrado selecionadas do portal domínio público – CAPES e defendidas nos anos de 1979, 1989 e 2011. Tomamos como base a heterogeneidade enunciativa do dizer, proposta por Authier-Revuz (1998, 2004) no que se refere à modalização autonímica, ou seja, as diferentes formas do dizer. Os resultados apontam para três formas de mobilizar o discurso do outro, as quais denominamos de: escrita que marca fronteiras, escrita que representa um dizer e escrita reflexiva do dizer.
PALAVRAS-CHAVE: Discurso. Mobilização. Escrita.


ABSTRACT
In this paper, we aim to analyze the ways used to mobilize the reader in the writing on the concepts of variation and change in three dissertations selected from the Public Domain Portal – CAPES. Both dissertations were defended in 1979, 1989 and 2011. We follow in our study the proposal of Heterogeneidade enunciativa do dizer, proposed by Authier-Revuz (1998, 2004) in order to investigate the different ways of saying. The results pointed out to three ways of mobilizing the interlocutor's speech, which we call: writing that mark borders, writing that represents a saying and reflective writing of saying.
KEYWORDS: Speech. Mobilization. Writing.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Sulemi Fabiano-Campos é Professora Doutora do Departamento de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Linguagem (PPgEL) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Líder do Grupo de Estudo do Texto e do Discurso (GETED/UFRN) e pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa Produção Escrita e Psicanálise – GEPPEP/FEUSP.

##submission.authorWithAffiliation##

Elza Maria Silva de Araújo Alves é Mestre em Estudo da Linguagem pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (PPgEL/UFRN). É professora da Rede Municipal de Ensino de Natal/RN e da Universidade Estadual Vale de Acaraú. Pesquisadora do Grupo de Estudo do Texto e do Discurso (GETED/UFRN).

Referências

AUTHIER-REVUZ, J. A. Palavras Incertas: as não-coincidências do dizer. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1998.
AUTHIER-REVUZ, J. A. Entre a transparência e a opacidade: um estudo enunciativo do sentido. Tradução de Leci Borges Barbisan e Valdir do Nascimento Flores Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004.
BARZOTTO, V. H. Lições das Fúrias: delitos e castigos inevitáveis. In: RIOLFI, C. O inferno da Escrita: produção escrita e psicanálise. Campinas-SP: Mercado de Letras, 2011.
ORLANDI, E. P. Interpretação, autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico, 6a ed. Pontes Editores, Campinas, SP, 2012.
PÊCHEX, Michel. Semântica do Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Tradução de Eni Pulcinelli Orlandi et al. 4. ed. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2010.
PÊCHEX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. 4. ed. Campinas, SP: Pontes Editores, 2006.
RIOLFI, Cláudia. Ensinar a escrever: considerações sobre a especificidade do trabalho de escrita. Leitura: Teoria & Prática. Revista da Associação de Leitura do Brasil, Campinas-SP, v. 40, p. 47-51, jan./jul. 2003.
RIOLFI, Cláudia. Lições das Fúrias: delitos e castigos inevitáveis. In: RIOLFI, C; BARZOTTO, V. H. O inferno da Escrita: produção escrita e psicanálise. Campinas, SP: Mercado de Letras, 2011. Disponivel em: .
Publicado
2014-12-30
Como Citar
CAMPOS, Sulemi Fabiano; ALVES, Elza Maria Silva de Araújo. Escrita acadêmica: formas de mobilizar o discurso do outro (Academic writing: forms to mobilize the speech of the other). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 12, n. 2, p. 275-292, dez. 2014. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1265>. Acesso em: 23 set. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v12i2.1265.