Ants: um gesto de nomeação (Ants: un geste de nomination)

Resumo

Neste artigo, objetivamos compreender como se constituem os sentidos de um texto publicitário que traz informações sobre a vida pessoal e literária do escritor Machado de Assis para comemorar o aniversário de um banco, questionando o porquê de o locutor publicitário trazer essas informações. Para isso, realizamos uma reflexão sobre a questão do tempo na noção de enunciação, e usamos como suporte teórico a Semântica do Acontecimento. O passado (memorável) mobilizado sobre a vida do escritor é compreendido quando o relacionamos ao presente e ao futuro do acontecimento de enunciação.
PALAVRAS-CHAVE: Sentido. Tempo. Acontecimento Enunciativo.


RÉSUMÉ
Dans cet article, nous objectivons comprendre comment se constituent les sens d'un texte publicitaire qu'amène des informations sur la vie personnelle et littéraire d'écrivain brésilien Machado de Assis afin de célébrer l'anniversaire d'une banque. Nous nous interrogeons pourquoi le locuteur publicitaire amène ces genres d'informations. Pour cela, nous avons mené une réflexion sur la question du temps dans la notion d'énonciation et nous avons utilisé comme outil théorique la Sémantique de l'évènement. Le passé (le mémorable) qui est mobilisé dans la vie d'écrivain peut être compris quand nous relationnons le présent et le futur d'évènement de l'énonciation.
MOTS-CLÉS: Sens. Temps. Évènement enonciative 

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Sheila Elias de Oliveira é mestre e doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, em Linguística. Realizou estudos em programa de doutorado-sanduíche na École Normale Supérieure/Lettres et Sciences Humaines de Lyon. Realizou pesquisa de pós-doutorado na mesma instituição francesa. É professora MS-3 de Semântica e Pragmática no Departamento de Linguística do Instituto de Estudos da Linguagem da Universidade Estadual de Campinas. Sua atividade de pesquisa e ensino tem se dirigido às áreas de Semântica da Enunciação, História das Ideias Linguísticas, Estudos Lexicais e Análise de Discurso.

Referências

BENVENISTE, E. Semiologia da língua. In: _________. Problemas de Linguística Geral II. Campinas: Pontes, 1989, p.43-67. Edição original: 1969.
BREAL, M. Ensaio de Semântica. São Paulo: educ; Campinas: Pontes, 1992. Edição original: 1897.
DUCROT, O. Esboço de uma teoria polifônica da enunciação. In: __________. O dizer e o dito. Campinas: Pontes, 1987. Edição original: 1984.
ELIAS DE OLIVEIRA, S. O Dicionário inFormal e a relação do falante com a língua. Revista da Anpoll 37, p. 262-272, Florianópolis, Jul./Dez. 2014.
FONTAINE, B. Découvrir et comprendre le graffiti. Paris: Eyrolles, 2014.
GUIMARÃES, E. Semântica do Acontecimento. Campinas: Pontes, 2002.
ORLANDI, E.P. Interpretação: autoria, leitura e efeitos do trabalho simbólico. São Paulo: Vozes, 1996.
PÊCHEUX, Michel. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Editora da UNICAMP, 1995, 2ed. Edição original: 1975.
RANCIÈRE, J. Os nomes da história: um ensaio de poética do saber. São Paulo: educ; Campinas: Pontes, 1994. Edição original: 1992.
TODOROV, T. Problèmes de l’énonciation. Langages 17, p.3-11, 1970.
Publicado
2015-06-30
Como Citar
OLIVEIRA, Sheila Elias de. Ants: um gesto de nomeação (Ants: un geste de nomination). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 13, n. 1, p. 213-227, jun. 2015. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/1290>. Acesso em: 19 nov. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v13i1.1290.