Dilma e “radicais do PT”: uma análise discursiva (Dilma and“radicals of the PT”: a discursive analysis)

Resumo

Neste artigo, discutimos a relação que se estabelece discursivamente entre a então pré-candidata às eleições presidenciais de 2010, Dilma Rousseff, e os chamados “radicais” do PT. A partir das análises de excertos de reportagens veiculadas na revista Veja, buscamos mostrar como se dá a relação de conflito no jogo discursivo que os legitima em posições discursivas distintas. Além disso, concomitantemente discutimos também a relação discursiva que se estabelece entre Dilma e Lula enquanto sujeitos políticos, na qual identificamos uma relação de proximidade entre eles no decorrer do referido período.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Leandro Chagas Barbosa é mestre em Linguística pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2014). Participa do Grupo de Pesquisa em Análise de Discurso (GPADis/Uesb/CNPq), onde desenvolve pesquisa em Análise de Discurso.

##submission.authorWithAffiliation##

Maria da Conceição Fonseca-Silva é doutora e mestre em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas, onde também realizou estágio de pós-doutoramento. É Pesquisadora nível 2 do CNPq. Atualmente é professora Titular/Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, onde atua como professora pesquisadora do quadro permanente dos Programas de Pós-Graduação em Linguística (PPGLin-Uesb) e Memória: Linguagem e Sociedade (PPGMEMORIALS-Uesb). Atuou na Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Memória: Linguagem e Sociedade (PPGMEMORIALS-Uesb), desde a implantação do curso de mestrado em 2008 ate fevereiro de 2013, e como vice-coordenadora de 2014 a 2016. Coordena o Programa de Pós-Graduação em Linguística desde 2017. É co-editora do periódico Estudos da Língua(gem). É líder do Grupo de Pesquisa em Análise de Discurso; (GPADis/Uesb/CNPq) e do Grupo de Pesquisa em Estudos da Língua(gem) (GPEL/Uesb/CNPq). Tem experiência na área de disciplinar de Linguística e na área multidisciplinar de Memória, com ênfase em Análise de Discurso, atuando principalmente nos seguintes temas: efeitos de sentido, efeito de verdade, efeitos de memória, efeitos de justiça, discurso político e discurso jurídico, corrupção política, sujeito mulher.

##submission.authorWithAffiliation##

Adilson Ventura é doutor e mestre em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas. É professor titular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia – UESB., onde atua na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Linguística como docente do quadro permanente. Atua principalmente nas áreas de Semântica Argumentativa e Semântica do Acontecimento.

Publicado
2017-12-31
Como Citar
BARBOSA, Leandro Chagas; FONSECA-SILVA, Maria da Conceição; VENTURA, Adilson. Dilma e “radicais do PT”: uma análise discursiva (Dilma and“radicals of the PT”: a discursive analysis). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 15, n. 2, p. 99-117, dez. 2017. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/3546>. Acesso em: 18 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v15i2.3546.