Nós e a gente: breve estudo da saliência fônica em variedades populares do português brasileiro e europeu (Nós and a gente: brief study of phonics overhang in popular varieties of brazilian portuguese and european portuguese)

  • Cristiane Namiuti Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb /Brasil) http://orcid.org/0000-0002-1451-8391
  • Josany Maria Jesus Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb /Brasil)

Resumo

Não é novidade que ambos os pronomes “nós” e “a gente” são bastante utilizados nas variedades populares do Português Brasileiro (PB) e do Português Europeu (PE), contudo existem diferenças no uso desses pronomes que podem ajudar a diferenciar uma e outra gramática. Analisamos amostras de fala retirada de corporade variedades populares do PB e do PE. Como recorte, nesse trabalho, apresentaremos o resultado da descrição e análise da variável saliência fônica, uma vez que este se mostrou relevante, pois sua forma esdrúxula P4 foi atestada apenas nos dados do PE. Tal resultado pode vir a somar e corroborar a hipótese de gramáticas distintas que subjazem os fatos atestados nas variedades PB e PE.
PALAVRAS-CHAVE: “Nós”; “a gente”; saliência fônica; língua portuguesa.


 

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Cristiane Namiuti Temponi é Doutora em Linguística pela Universidade Estadual de Campinas – Unicamp. Professora do Departamento de Estudos Linguísticos e Literários e professora do quadro permanente do Programa de Pós-Graduação em Linguística da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB.

##submission.authorWithAffiliation##

Josany Maria de Jesus Silvatem Mestrado em Linguística pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e é licenciada em Letras Vernáculas pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB).

Referências

ALMEIDA, N. L. F.; CARNEIRO, Z. O. N. (Org.). Coleção amostras da língua falada no semi-árido baiano. Feira de Santana: Universidade Estadual de Feira de Santana, 2008.
CHOMSKY, N. O Programa Minimalista. Massachusetts Institute of Thecnology – Cambridge, Massachusetts, USA, 1995.
CORDIAL-SIN. Corpus Dialectal para o Estudo da Sintaxe (A. M. Martins, coord.). disponível em < http://www.clul.ulisboa.pt/en/11-resources/313-cordial-sin-corpus-normalized-transcription].
KROCH , A. Mudança sintática. University of Pennsylvania, 2003.
LOPES, C. R. A inserção de a gente no quadro pronominal do português: percurso histórico. 1999. 181f. Tese de Doutorado – UFRJ, Rio de Janeiro, 1999.
LOPES, C. R. A inserção de ´a gente´ no quadro pronominal do português. Frankfurt/Madri: Vervuert/Iberoamericana, 2003, vol. 18.
NARO, A. J.; SCHERRE, M. M. P. Sobre o efeito do princípio da saliência na concordância verbal na fala moderna, na escrita antiga e na escrita moderna. In: MOURA, D. (Org.). Os múltiplos usos da língua. Maceió: EDUFAL, 1999, p. 26-37.
OMENA, N. P. de. A referência à primeira pessoa do discurso no plural. In: SILVA, G. M. de O.; SCHERRE, M. M. P. (Org.) Padrões Sociolingüísticos: análise de fenômenos variáveis do português falado na cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro: Departamento de Lingüística e Filologia, UFRJ, 1986. p. 185- 215.
RODRIGUES, A. C. S. A concordância verbal no português popular em São Paulo. 1987. 259f. Tese (Doutorado em Língua Portuguesa) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1987.
RUBIO, C. F. Padrões de concordância verbal e de alternância pronominal no português brasileiro e europeu: estudo sociolinguístico comparativo. 2012. 392 f. Tese de doutorado – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, São José do Rio Preto, 2012.
SÓRIA, M. V. P. Nós, a gente e o sujeito nulo de primeira pessoa do plural. 2013. 128f. Dissertação (Mestrado em Linguística) – Universidade de Lisboa, Lisboa, 2013.
Publicado
2018-12-31
Como Citar
NAMIUTI, Cristiane; JESUS, Josany Maria. Nós e a gente: breve estudo da saliência fônica em variedades populares do português brasileiro e europeu (Nós and a gente: brief study of phonics overhang in popular varieties of brazilian portuguese and european portuguese). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 16, n. 2, p. 7-20, dez. 2018. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/4889>. Acesso em: 15 set. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v16i2.4889.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##