Aquisição fonológica atípica: o que os dados de crianças brasileiras e portuguesas revelam (Atypical phonological acquisition: what data from Brazilian and Portuguese children reveal)

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar dados de fala de crianças brasileiras e portuguesas com desvio fonológico, a partir do Modelo Padrão de Aquisição de Contrastes para o português brasileiro e para o português europeu, o PAC-PB e o PAC-PE. Mais precisamente, quer se verificar como se comportam os sistemas fonológicos dessas crianças relativamente aos princípios fonológicos baseados em traços propostos por Clements ([2005] 2009) para as línguas naturais. Os dados evidenciaram que crianças com desvio fonológico tendem a não respeitar um ou mais princípios fonológicos. Com destaque, de forma unânime as crianças, cujas gramáticas fonológicas foram aqui analisadas, apresentam dificuldades em organizá-las nos termos do princípio da robustez, que estabelece que contrastes mais robustos sejam preferíveis nas fonologias das línguas e nos estágios iniciais da aquisição.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Cristiane Lazzarotto-Volcão é fonoaudióloga, Doutora e Mestre em Letras, com pesquisa na área de aquisição fonológica típica e atípica. Realizou Estágio Pós-Doutoral no Centro de Linguística da Universidade de Lisboa. É professora Associada da Universidade Federal de Santa Catarina, onde atua no curso de Letras Português e no Programa de Pós-Graduação em Linguística.

Referências

AMORIM, Clara Padrão de aquisição de contrastes do PE: A interação entre traços, segmentos e sílabas. Tese de Doutorado. Porto: Universidade do Porto, 2014.
CHOMSKY, N; HALLE, M. The Sound Pattern of English. New York: Harper and Row, 1968.
CLEMENTS, G. N. Representational economy in constraint-based phonology. In: HALL, Alan (org.) Distinctive feature theory. Berlin & NewYork: Mouton de Gruyter, 2001. p.71-146.
______. Phonological Feature. In: RAIMY, E. e CAIRNS, C. E. Contemporary Views on Architecture and Representations in Phonology. Cambridge: MIT Press, 2009. p. 19-68. Publicado inicialmente em 2005 no sítio .
______; HUME, E. V. The internal organization of speech sounds. In: GOLDSMITH, J. A. (org.) The handbook of phonological theory. Cambridge: Blackwell, 1995. p. 245-306.
GIACCHINI, Vanessa. Proposta de modelo padrão de aquisição de Contrastes e Estruturas (PAC-E) para avaliação dos desvios fonológicos. Tese de Doutorado. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, 2015.
KESKE-SOARES, M. Terapia fonoaudiológica fundamentada na hierarquia implicacional dos traços distintivos aplicada em crianças com desvios fonológicos. Tese (Doutorado em Letras). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 2001.
LAMPRECHT, Regina R. et al. (Org.) Aquisição fonológica do português: perfil de desenvolvimento e subsídios para terapia. São Paulo: Artmed Editora, 2004.
LAZZAROTTO, C. Avaliação e planejamento fonoterapêutico para casos de Desvio Fonológico com base na Teoria da Otimidade. Dissertação (Mestrado em Letras) – Universidade Católica de Pelotas. Pelotas, 2005.
LAZZAROTTO-VOLCÃO, C. Modelo Padrão de Aquisição de Contrastes. Tese (Doutorado em Letras) – Universidade Católica de Pelotas. Pelotas, 2009.
______. O Modelo Padrão de Aquisição de Contrastes: Uma nova abordagem para o desvio fonológico. Revista Veredas, volume especial, 2012, p.109-121
______. A aquisição fonológica atípica à luz da teoria fonológica: uma análise de crianças brasileiras e portuguesas. Comunicação oral. Braga: Universidade do Minho, 2016.
MADDIESON, I; PRECODA, K. Updating UPSID. UCLA Working Papers in Phonetics, p. 104-111, 1989.
MARQUES, Tayse. Aquisição fonológica do português brasileiro em gêmeos dizigóticos. Dissertação de Mestrado. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2016.
______; LAZZAROTTO-VOLCÃO, Cristiane. O processo de aquisição da lateral alveolar por gêmeos dizigóticos. Working Papers in Linguistics. Vol.19, nº 1, 2018a. p.38-64.
______ . Aquisição fonológica típica à luz do modelo padrão de aquisição de contrastes. In: LAZZAROTTO-VOLCÃO, Cristiane e FREITAS, Maria João. Estudos em Fonética e Fonologia: uma homenagem a Carmen Matzenauer. Curitiba: CRV, 2018b. p.248-286
MATZENAUER-HERNANDORENA , C. Aquisição da fonologia do português: estabelecimento de padrões com base em traços distintivos. Tese (Doutorado em Letras). Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 1990.
______. A generalização em desvios fonológicos: o caminho pela recorrência de traços. Letras de Hoje, v. 43, p. 27-34, 2008.
MIRANDA, Ana Ruth M. A aquisição do "r": uma contribuição à discussão sobre seu status fonológico. Dissertação (Mestrado em Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 1996.
MOTA, Helena. B. Aquisição segmental do Português: um Modelo Implicacional de Complexidade de Traços. Tese (Doutorado em Letras). – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 1996.
RAMALHO, Margarida. Aquisição Fonológica da Criança: Tradução e adaptação de um instrumento de avaliação interlinguístico para o português europeu. Tese de Doutorado. Évora: Universidade de Évora, 2017.
REIS, Tânia. A avaliação fonológica na perturbação dos sons da fala – modelo padrão de aquisição de contrastes: estudo de caso. Dissertação de Mestrado. Lisboa: Universidade de Lisboa, 2018.
VIRAQUÉ, Bruna Ribeiro. A construção da fonologia por crianças falantes nativas de espanhol: a aquisição do sistema consonantal. Dissertação de Mestrado. Pelotas: Universidade Católica de Pelotas, 2014.
Publicado
2019-06-30
Como Citar
LAZZAROTTO-VOLCÃO, Cristiane. Aquisição fonológica atípica: o que os dados de crianças brasileiras e portuguesas revelam (Atypical phonological acquisition: what data from Brazilian and Portuguese children reveal). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 17, n. 2, p. 65-85, jun. 2019. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/5336>. Acesso em: 17 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/el.v17i2.5336.