Mattoso Câmara e a Língua Oral (Mattoso Câmara et le langue orale)

  • Carlos Eduardo Falcão Uchôa Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ/Brasil)

Resumo

Este artigo procura contrastar a obra de Mattoso Câmara, ao longo das décadas de 40, 50 e 60, com as tendências mais expressivas dos estudos sobre a linguagem, no Brasil, neste período. O texto documenta que o lingüista brasileiro inaugura, em nosso meio, novos rumos em relação à investigação lingüística sem romper, no entanto, com as principais linhas de pesquisa da tradição filológica. Destaca, assim, o interesse de Mattoso pela língua oral em oposição ao dos estudos filológicos, predominantemente identificados com a língua literária. Foram selecionados e comentados alguns de seus trabalhos direcionados para tal interesse. Por fim, o presente artigo dá a conhecer a posição crítica de Mattoso Câmara sobre as relações entre língua falada e língua escrita no ensino do Português.
PALAVRAS-CHAVE: Mattoso Câmara. Tradição filológica. lingüística brasileira. Língua oral.


RÉSUMÉ
Cet article essaie de mettre en contraste le travail de Mattoso Câmara, tout au long des décades de 40, 50 et 60, avec les tendances les plus expressives des études sur la langue, au Brésil, dans cette période-là. Le texte démontre que le linguiste brésilien ouvre, chez nous, de nouveaux chemins pour l’enquête linguistique sans rompre, néanmoins, avec les principales lignes de recherche de la tradition philologique. Il manifeste, ainsi, l’intérêt de Mattoso pour la langue parlée en opposition à celui des études philologiques, essentiellement identifiées avec la langue littéraire. Quelques-uns de ses travaux portant sur ce sujet y ont été sélectionnés et commentés. Finalement, le présent article fait connaître la position critique de Mattoso Câmara sur les relations entre la langue orale et la langue écrite dans l’enseigment du Portugais.
MOTS-CLÉS: Mattoso Câmara. Brazilian linguistique brésilien. Tradition philologique. Langue orale.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Carlos Eduardo Falcão Uchôa é Professor Emérito pela Universidade Federal Fluminense, onde desenvolveu sua vida acadêmica, vindo a ser Professor Titular de Lingüística em 1987. Membro fundador da ABRALIN e membro efetivo da Academia Brasileira de Filologia. No período de 65 a 67, foi assistente de Mattoso Câmara na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Ex-consultor da CAPES, do CNPq e da FAPERJ. Orientador de inúmeras dissertações e teses no Programa de Pós-Graduação da UFF. Além de autor de numerosos artigos em vários periódicos e de capítulos de livros, escreveu A Lingüística e o ensino de Português (1991) e Dispersos de J. Mattoso Câmara Jr., com nova edição revista e ampliada, recentemente publicada (2004). Coordenador da coleção Lingüística e Filologia de Ao Livro Técnico, com apresentação crítica de cerca de 20 obras.

Referências

CÂMARA JR., J. M. Princípios de Lingüística Geral. Rio de Janeiro: Briguiet, 1941.
CÂMARA JR., J. M. Carta dos Estados Unidos. Revista de Cultura, Rio de Janeiro, n. 18, p. 66-67, 1944.
CÂMARA JR., J. M. Para o Estudo da Fonêmica Portuguesa. Rio de Janeiro: Organização Simões, 1953.
CÂMARA JR., J. M. Manual de Transcrição Fonética. Rio de Janeiro: Museu Nacional; Universidade do Brasil, 1957.
CÂMARA JR., J. M. Erros escolares como sintomas de tendências lingüísticas no português do Rio de Janeiro. In: UCHÔA, C. E. F. (Org.). Dispersos de J. Mattoso Câmara Jr. Nova edição revista e ampliada. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004. p. 87-95. Edição original: 1957.
CÂMARA JR., J. M. Manual de Expressão Oral e Escrita. Rio de Janeiro: J. Ozon, 1961.
CÂMARA JR., J. M. Antenor Nascente e a filologia brasileira. In: UCHÔA, C. E. F. (Org.). Dispersos de J. Mattoso Câmara Jr. Nova edição revista e ampliada. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004. p. 227-230. Edição original: 1966.
CÂMARA JR., J. M. Os estudos da língua portuguesa em Portugal e no Brasil. In: Actas, Informaciones y Comunicaciones, El Simposio de Bloomington. Bogotá: Instituto Caro y Cuervo, 1967.
CÂMARA JR., J. M. A Lingüística Brasileira. In: NARO, A. J. (Org.). Tendências atuais da Lingüística e da Filologia no Brasil. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976. p. 47-66. Edição original: 1967.
CÂMARA JR., J. M. Os estudos de português no Brasil. In: UCHÔA, C. E. F. (Org.). Dispersos de J. Mattoso Câmara Jr. Nova edição revista e ampliada. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004. p. 231-258. Edição original: 1969.
CÂMARA JR., J. M. 1969. Problemas de Lingüística Descritiva. Petrópolis: Vozes, 1969.
CÂMARA JR., J. M. Estrutura da Língua Portuguesa. Petrópolis: Vozes, 1970.
CÂMARA JR., J. M. História e Estrutura da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Padrão, 1975.
Publicado
2005-12-30
Como Citar
UCHÔA, Carlos Eduardo Falcão. Mattoso Câmara e a Língua Oral (Mattoso Câmara et le langue orale). Estudos da Língua(gem), [S.l.], v. 2, n. 1, p. 67-78, dez. 2005. ISSN 1982-0534. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/estudosdalinguagem/article/view/995>. Acesso em: 14 jul. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/el.v2i1.995.