O Espaço na Construção de Angústia

  • Elizabeth Ramos

Resumo

Angústia, terceiro romance de Graciliano Ramos, foi publicado em agosto de 1936. O sentimento que dá título à obra reflete a própria inquietação do autor perseguido pela ditadura getulista, conforme registrado no seu  Memórias do cárcere, livro que começa a compor dez anos após libertado da prisão. A tessitura da narrativa do romance e a construção do crescente sentimento de angústia se dão a partir da visão de mundo do personagem central, Luís da Silva, das repetições e introspecção, além do espaço degradado que sufoca e aflige o leitor.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Como Citar
RAMOS, Elizabeth. O Espaço na Construção de Angústia. Floema: Caderno de Teoria e História Literária, [S.l.], n. 11, out. 2017. ISSN 2177-3629. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/floema/article/view/1855>. Acesso em: 19 dez. 2018.
Seção
Dossiê Graciliano Ramos