Perdido no círculo

  • Ronaldo Brito

Resumo

O Narrador é suspeito, desde logo advirto. Quase tudo será dito pelas costas do sujeitinho. Leia às avessas, a contrapelo, nas entrelinhas, aproveite os lapsos, as lacunas, equívocos e mal-entendidos. Em suma, conte com a sorte: as distrações e a legião de preconceitos do dito cujo. Também é desprezível o autor de uma autobiografia: dar-se a tal importância é signo do ridículo. Isto aqui, vejam lá, não é nada disso – são fatos voláteis, inconsequentes, eventos exigentes, passagens fortuitas que descrevem com rigor um método de vida. Meu avô paterno.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Como Citar
BRITO, Ronaldo. Perdido no círculo. Floema: Caderno de Teoria e História Literária, [S.l.], n. 11, out. 2017. ISSN 2177-3629. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/floema/article/view/1867>. Acesso em: 20 ago. 2018.