MEMÓRIA DISCURSIVA E REPRESENTAÇÕES NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA MATERNA

  • Marinalva Vieira Barbosa

Resumo

O objetivo deste artigo é apresentar uma reflexão sobre as representações que alunos de graduação em letras sustentam sobre o ensino de língua materna. Focalizo nas análises discursos que defendem a necessidade do ensino/aprendizagem de conhecimentos gramaticais no decorrer do curso. Parto do pressuposto que as representações apresentadas pelos alunos sobre o que deve ser o ensino da língua materna resultam de um conjunto de dizeres enunciados em diferentes espaços sociais. Em outras palavras, os dizeres dos graduandos são construídos por discursos historicamente constituídos e valorizados por diferentes espaços sociais.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marinalva Vieira Barbosa

Doutora em Linguística no Instituto de Estudos da Linguagem da Unicamp.

Publicado
2018-02-09
Como Citar
BARBOSA, Marinalva Vieira. MEMÓRIA DISCURSIVA E REPRESENTAÇÕES NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA MATERNA. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 1, n. 1, fev. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/2750>. Acesso em: 19 out. 2019.
Seção
VERTENTES & INTERFACES II: Estudos Linguísticos e Aplicados