A REPRESENTAÇÃO DOS CIGANOS EM CONTOS DE JORGE MEDAUAR

  • Luana Isabel Silva de Assis
  • Cristiano Augusto da Silva Jutgla

Resumo

O artigo apresenta uma análise sobre a representação dos ciganos nos contos “O cigano” e “A volta do cigano”, publicados pela primeira vez no livro A procissão e os porcos (1960), do escritor sul-baiano Jorge Medauar. Assim, discutimos como o escritor destaca a presença dos povos ciganos no interior do sul da Bahia, além de abordarmos os aspectos de sua narrativa e questões de alteridade. 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

Luana Isabel Silva de Assis

Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagens e Representações da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). Bolsita da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb)

Cristiano Augusto da Silva Jutgla

Doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo. Professor Titular da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e Professor permanente do programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagens e Representações (Uesc).

Publicado
2018-02-14
Como Citar
ASSIS, Luana Isabel Silva de; JUTGLA, Cristiano Augusto da Silva. A REPRESENTAÇÃO DOS CIGANOS EM CONTOS DE JORGE MEDAUAR. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 9, n. 2, fev. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/2810>. Acesso em: 14 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v9i2.2810.