METASSÍNTESE QUALITATIVA SOBRE OS ESTUDOS DE CRENÇAS, EMOÇÕES E IDENTIDADE (2009-2015)

  • Suellen Thomaz de Aquino Martins
  • Núbia Enedina Santos Souza
  • Rodrigo Camargo Aragão

Resumo

Buscamos neste artigo mapear estudos que considerem o papel das emoções e crenças no ensino-aprendizagem de Língua Estrangeira (LE) e como se dá a inter-relação desses fenômenos com a identidade do professor de LE. Apresentamos uma metassíntese qualitativa de estudos envolvendo estes conceitos, publicados no Brasil entre 2009 e 2015. A base de dados da SciELO foi utilizada como fonte na busca por periódicos com webqualis de relevância A1a B3 da área de Letras/Linguística. Os resultados indicam que a maioria dos estudos se debruçam sobre crenças e identidade de professor de línguas em formação inicial e continuada. Observarmos um leve pressionamento sobre as questões de crenças e emoções. Apontamos a necessidade de estudos que relacionem crenças-identidade-emoções no ensino-aprendizagem e formação do professor de LE, visto que, nesta metassíntese qualitativa, não foi encontrado nenhum trabalho que envolvesse os três conceitos como parte de um mesmo estudo.

Biografias do Autor

Suellen Thomaz de Aquino Martins

Mestre em Letras: Linguagens e Representações pela da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Núbia Enedina Santos Souza

Mestre em Letras: Linguagens e Representações pela da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Rodrigo Camargo Aragão

Doutor em Linguística pela UFMG. Pós-doutor em Linguística Aplicada no POSLIN/UFMG. Professor dos Programas de Pós-graduação e Licenciatura em Letras da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Publicado
2018-02-14
Como Citar
MARTINS, Suellen Thomaz de Aquino; SOUZA, Núbia Enedina Santos; ARAGÃO, Rodrigo Camargo. METASSÍNTESE QUALITATIVA SOBRE OS ESTUDOS DE CRENÇAS, EMOÇÕES E IDENTIDADE (2009-2015). fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 9, n. 2, fev. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/2816>. Acesso em: 17 ago. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v9i2.2816.