BURITI E BREJO: CARTOGRAFIA, GEODESIA E ALEGORIA EM CORPO DE BAILE E GRANDE SERTÃO: VEREDAS

  • Érico Melo Universidade de São Paulo

Resumo

A sobreposição das coordenadas dos principais cenários geográficos de Corpo de baile ao mapa dos percursos de Riobaldo em Grande sertão: veredas revela uma significativa intertextualidade topográfica, produto da ancestralidade genética comum aos dois livros-irmãos. Este artigo procura demonstrar a articulação geográfica e alegórica entre as sete novelas e o romance a partir do dialogismo mapa ↔ texto. No nível microcósmico dos cenários das tramas, destaca-se o vivaz alegorismo dos lugares e espécies naturais do Sertão, espelhado nas formas geodésicas das narrativas.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-03-08
Como Citar
MELO, Érico. BURITI E BREJO: CARTOGRAFIA, GEODESIA E ALEGORIA EM CORPO DE BAILE E GRANDE SERTÃO: VEREDAS. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 7, n. 1, mar. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/2985>. Acesso em: 16 out. 2019.