A PALAVRA NO GÊNERO REPORTAGEM: APLICAÇÃO DE CONCEITOS BAKHTINIANOS A UM PRODUTO TELEVISIVO

  • Flávia Moreira Mota e Mota Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)
  • Marcus Antônio Assis Lima Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)

Resumo

O presente trabalho tem como pretensão avaliar como as noções de palavra e gênero propostos pelo filósofo da linguagem Mikhail Bakhtin se aplicam ao jornalismo, mais especificamente a um produto televisivo. Para tanto, vamos analisar o uso das palavras em uma reportagem sobre crianças e adolescentes em conflito com a lei, exibida pelo jornal Repórter Brasil, a qual consideramos aqui como um gênero do discurso.


 
 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda em Letras: Cultura, Educação e Linguagens pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

 
##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Estudos Linguísticos (Análise do Discurso) pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professor Adjunto no curso de Comunicação Social e no Programa de Pós-Graduação em Letras: Cultura, Educação e Linguagem, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

 
Publicado
2018-04-05
Como Citar
MOTA, Flávia Moreira Mota e; LIMA, Marcus Antônio Assis. A PALAVRA NO GÊNERO REPORTAGEM: APLICAÇÃO DE CONCEITOS BAKHTINIANOS A UM PRODUTO TELEVISIVO. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 4, n. 1, abr. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/3452>. Acesso em: 15 out. 2019.