SOBRE LITERATURA E EXÍLIO OU UMA VISITA A UM POETA DESTERRADO

  • Mayra Moreyra Carvalho Universidade de São Paulo (Usp)

Resumo

O artigo propõe uma reflexão sobre o par literatura e exílio a partir da leitura do texto “Literatura e desterro”, escrito por José Lins do Rego em 1943 para o periódico A Manhã. O diálogo polêmico que o escritor paraibano promove com o espanhol Guillermo de Torre e seu “Emigración intelectual, drama del presente”, de 1940, permite voltar à observação das “antinomias do exílio”, como alerta Said (2003), e aos modos de considerar criticamente a produção literária de exilados.


 
 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutoranda em Língua e Literaturas Espanhola e Hispano-americana pela Universidade de São Paulo (Usp). Mestre em Literatura pela Universidade de Brasília (UnB).

     
Publicado
2018-08-13
Como Citar
CARVALHO, Mayra Moreyra. SOBRE LITERATURA E EXÍLIO OU UMA VISITA A UM POETA DESTERRADO. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 1, ago. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/3687>. Acesso em: 19 nov. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v10i1.3687.