CORDEL DE MEMÓRIAS DE FRANCISCO CATARINO: VERDADEIRO GRAPIÚNA

  • Marcos Roberto de Santana Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB)

Resumo

O presente representa um esforço intelectual no sentido de dar visibilidade ao relato autobiográfico do cidadão Francisco Catarino Alves de Souza, nascido no município de Ilhéus em 09 de março de 1901, às margens do Rio Almada. O manuscrito deixado por ele vem à lume após permanecer cinco décadas no mais completo anonimato. Um criterioso processo de leitura, transcrição e reescrita daria ensejo à uma possível publicação. Por outro lado, a plena consciência de cidadania teria inspirado o autor a se identificasse no texto como “verdadeiro grapiúna” e essa autoafirmação identitária serviu de fio condutor para o desenvolvimento do referido artigo em diálogo com outras vozes literárias que naturalmente representam a região sul da Bahia.


 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Linguagens pela Universidade do Estado da Bahia (Uneb).

 
Publicado
2018-08-13
Como Citar
SANTANA, Marcos Roberto de. CORDEL DE MEMÓRIAS DE FRANCISCO CATARINO: VERDADEIRO GRAPIÚNA. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 1, ago. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/3850>. Acesso em: 23 set. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v10i1.3850.