REGRAMENTO(S) E REGULARIDADES LINGUÍSTICAS EM DISCURSOS NA/SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CONTEXTO BRASILEIRO

IMPLICAÇÕES E(M) CONFLITOS

  • Nadia Dolores Fernandes Biavati Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ)

Resumo

O objetivo do artigo é apresentar conflitos que perpassam a formação do professor, afetando-lhe o modo como percebe sua identidade profissional. Em estudos como o de 2009, mostrei como o professor de Língua Portuguesa é atravessado por ideologias que interpelam o olhar para a profissão e, nessa visão, vale questionar em que medida os regramentos devem ser valorizados ou se o professor deve trabalhar com uma conduta pautada no conjunto de fatos linguísticos e a interação dos sujeitos. No presente texto, lido com a complexidade desse questionamento, pois acredito que o professor ora sofre efeitos de um pré-construído por interpelações ideológicas, ora não, intervindo nas suas escolhas a partir de uma rede de concepções e valores que lhe são trazidos representados e (re)construídos continuamente. Destaca-se o poder que, de maneira fluida, ajuda a entronizar práticas tornando potentes as estratégias de dominação efetivas na validação cega à regra.


 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Professora adjunta da Universidade Federal de São João Del-Rei (UFSJ).

 
Publicado
2018-08-25
Como Citar
BIAVATI, Nadia Dolores Fernandes. REGRAMENTO(S) E REGULARIDADES LINGUÍSTICAS EM DISCURSOS NA/SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CONTEXTO BRASILEIRO. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 1, ago. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4055>. Acesso em: 19 nov. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v10i1.4055.