A VARIEDADE ANGOLANA DO PORTUGUÊS: CONTEXTO HISTÓRICO E (SOCIO)LINGUÍSTICO

  • Kimavuidi Ferreira Universidade da Beira Interior
  • Paulo Osório Universidade da Beira Interior

Resumo

A coabitação do Português com as línguas africanas em Angola propiciou a formação de uma variedade do português, que, em distintos momentos da história daquele país africano, se diferenciou e continua a diferenciar-se da variedade europeia, dando origem à variedade angolana, cuja consolidação começou sobretudo a partir da independência, em 1975, com a oficialização da língua europeia. Deste modo, o presente texto pretende traçar um panorama sociolinguístico e histórico que terá como foco a abordagem da situação da língua portuguesa em Angola, em duas fases distintas da sua história. Não deixaremos de observar, igualmente, a importância do kimbundu no enriquecimento do acervo linguístico da Variedade Angolana do Português (VAP).


 
 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Estudos Lusófonos pela Universidade da Beira Interior (Covilhã, Portugal).

     
##submission.authorWithAffiliation##

Doutor, Pós-doutor e Agregado em Linguística Portuguesa. Professor Associado com Agregação na Universidade da Beira Interior (Covilhã, Portugal).

   
Publicado
2018-08-25
Como Citar
FERREIRA, Kimavuidi; OSÓRIO, Paulo. A VARIEDADE ANGOLANA DO PORTUGUÊS: CONTEXTO HISTÓRICO E (SOCIO)LINGUÍSTICO. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 1, ago. 2018. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4171>. Acesso em: 23 set. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v10i1.4171.