O USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS NO ENSINO/APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA

  • Sandra Sayuri Silva Shibasaki Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)
  • Diógenes Cândido de Lima Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)

Resumo

O acesso a cultura digital e aos novos recursos de comunicação, pode proporcionar aos docentes e profissionais da educação uma maneira de ampliar os espaços não formais de aprendizagem. Somos a sociedade da interação e da hipermobilidade, resultado da cultura digital e do uso da tecnologia. Para trazer esses conceitos para a realidade da educação, devemos pensar práticas pedagógicas que promovam o acesso de nossos alunos à cibercultura, onde eles possam produzir conhecimento de maneira colaborativa e, principalmente, se sintam incluídos nessa nova comunidade mundial. Como referencial teórico, utilizamos Kumaravadivelu (2016), Santaella (2010 e 2013), Castels (1999), Bohn (2014), Moran (2017), Leffa (2013), Prensky(2017), Paiva ( 2001, 2017), Xavier (2017), entre outros. O presente trabalho tem como finalidade discutir como os professores podem se apropriar das tecnologias para assegurar o aprendizado de língua inglesa, bem como a utilização dos dispositivos móveis na educação, enfocando o ensino/aprendizagem de língua inglesa.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Letras : Cultura , Educação e Linguagens, pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

##submission.authorWithAffiliation##

Professor Pleno da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb). Doutorado em Educação pela Southern Illinois University at Carbondale, Estados Unidos.

Publicado
2019-02-12
Como Citar
SHIBASAKI, Sandra Sayuri Silva; LIMA, Diógenes Cândido de. O USO DE DISPOSITIVOS MÓVEIS NO ENSINO/APRENDIZAGEM DE LÍNGUA INGLESA. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 2, fev. 2019. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4221>. Acesso em: 22 maio 2019. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v2i10.4221.