POÉTICAS PERIFÉRICAS E AS INSCRIÇÕES DA NEGRITUDE NO BRASIL

  • Silvana Carvalho da Fonseca Universidade Federal da Bahia (Ufba)

Resumo

O presente artigo tem como objetivo buscar nas inscrições periféricas do movimento hip hop no Brasil,  possíveis reelaborações das identidades negras, a patir da recosntrução da memória coletiva  afrodiaspórica e denúncia contra o racismo brasileiro, que organizou no âmbito de todas as relações sociais a falsa democratização racial através de um discurso de nação multiétinica que apagou a comunidade negra sistematicamente do cenário nacional.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutoranda no Programa de Literatura e Cultura na Universidade Federal da Bahia (Ufba). Mestre em Teoria da Literatura pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

Publicado
2019-02-05
Como Citar
FONSECA, Silvana Carvalho da. POÉTICAS PERIFÉRICAS E AS INSCRIÇÕES DA NEGRITUDE NO BRASIL. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 2, fev. 2019. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4563>. Acesso em: 17 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v2i10.4563.
Seção
VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados