TRÊS POEMAS PARA UM ENSAIO: TRADUÇÃO E CRÍTICA AFRODIASPÓRICA

  • Edson Souza Cesar Universidade Federal da Bahia (Ufba)

Resumo

RESUMO: Diante do ainda intenso cenário de discussões sobre a representação literária – e no limite, cultural –, este trabalho pretende discutir a crítica afrodiaspórico partindo de três poemas cuja autoria é a relevância do corpus. Em travessia, do campo da tradução literária e cultural partirá o caminho relevado para fazer ponte nesta discussão (tradução) crítica. Sendo o nosso corpus composto por três poemas de autoria afrodiaspórica como recorte, dos poemas escolhidos. Por outro lado, a minha formação como tradutor se deu - também - através dos discursos críticos da negritude, estudos culturais, filosofia e tradução cultural. Por isso, quis emergir do corpus poemas vindos de três línguas coloniais mais presentes no imaginário (em múltiplos sentidos). Assim, temos três poemas: um poema de língua hispânica, francesa e portuguesa. Por tal e por um motivo ou outro, temos os poemas em língua francesa e espanhola que serão traduzidos por mim. E, finalmente, um poema de língua portuguesa escrito fora do Brasil. Desejando com isso, dizer que afrodiaspórico não é uma circunscrição numa região geográfica ainda que não exista - afrodiaspórico - fora de alguma geografia. Em outras palavras, irei apresentar uma crítica à representação a partir e através dos estudos tradutórios e em seu processo criativo. É preciso dizer ainda que não há neste ensaio um desejo finalista visto que este (ensaio) mais bordeja o exercício filosófico para melhor entender relações. Tal como, em certa medida, fazem os estudos culturais e a negritude tomados neste trabalho como exemplo e rota (ator). Sem esgotar o possível, estudando em processo e construindo sem um fim.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
 Doutorando em andamento em Literatura e Cultura pela Universidade Federal da Bahia (Ufba).
Publicado
2019-02-05
Como Citar
CESAR, Edson Souza. TRÊS POEMAS PARA UM ENSAIO: TRADUÇÃO E CRÍTICA AFRODIASPÓRICA. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 2, fev. 2019. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4567>. Acesso em: 17 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v2i10.4567.
Seção
VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados