A POÉTICA DE JOSÉ CARLOS LIMEIRA: A HERANÇA DO SAGRADO

  • Zoraide Portela Silva Universidade do Estado da Bahia (Uneb)

Resumo

Este artigo tem o objetivo central de apresentar o papel desempenhado pela herança do sagrado na configuração de alguns poemas do escritor contemporâneo afro-brasileiro José Carlos Limeira – exemplo maior da geração de escritores militantes negros que começaram a produzir na década de setenta do século XX. A análise de sua obra poética visa a construção das identidades afro-brasileiras que se formam através dos “lugares da memória” construídos de modo a evidenciar as especificidades de um espaço da “margem” que busca ressaltar as marcas de suas heranças africanas e torná-las produtivas para o seu projeto político-literário.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa pela Universidade de São Paulo (Usp). Professora Adjunta da Universidade do Estado da Bahia (Uneb). Integrante das linhas de pesquisa de Ensino, Linguagens e Identidades no PPGELS – Programa de Pós-graduação em Ensino, Linguagem e Sociedade da Uneb.

 
Publicado
2019-02-05
Como Citar
SILVA, Zoraide Portela. A POÉTICA DE JOSÉ CARLOS LIMEIRA: A HERANÇA DO SAGRADO. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 2, fev. 2019. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4743>. Acesso em: 17 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v2i10.4743.
Seção
VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados