CRÍTICA PERFORMATIVA

NEM SE INCOMODE… É SÓ BRINCADEIRA DE ÈRES

  • Denise França Carrascosa Universidade Federal da Bahia (Ufba)

Resumo

O ensaio “Crítica Performativa” foi escrito com o intento de tornar-se mais um dispositivo instrumentalizador da Crítica Literária Negra no Brasil que opere no sentido de ampliar a potência epistemológica do pensar a partir da literatura negra africana, afrodiaspórica e, especificamente, negrobrasileira, com fundamento em uma forma encorpada de pensamento teórico-crítico que se deseja afrodeslocador do aparato ocidental eurocêntrico que tem instituído as regras de valoração, visibilização e canonização da arte literária há, pelo menos, dois milênios.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professora Adjunta da Universidade Federal da Bahia (Ufba). Ensina Literaturas de Língua Inglesa na Graduação em Letras e integra as linhas de pesquisa de Teorias e Crítica da Literatura e da Cultura e Estudos de  Tradução no PPGLitCult – Programa de Pós-graduação em Literatura e Cultura da Ufba

Publicado
2019-02-05
Como Citar
CARRASCOSA, Denise França. CRÍTICA PERFORMATIVA. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 10, n. 2, fev. 2019. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/4744>. Acesso em: 17 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v2i10.4744.
Seção
VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados