LITERATURA E REPRESSÃO: UMA ANÁLISE DO CONTO “DODORA”, DE BERNARDO KUCINSKI

  • Suzeli Santos Santana Universidade Estadual de Santa Cruz
  • Cristiano Augusto da Silva Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc)

Resumo

O artigo analisa o conto “Dodora”, de Bernardo Kucinski, publicado em Você vai voltar pra mim e outros contos (2014), obra de teor testemunhal que tematiza o contexto da ditadura civil-militar brasileira. Apesar do livro ter sido publicado após o processo de redemocratização, nota-se a necessidade de rememorar o passado no tempo presente, na perspectiva de evitar a perpetuação do autoritarismo de outrora. Nesse ínterim, debatem-se os impactos traumáticos da ditadura, sobretudo a “síndrome da tortura”, medo constante provocado pelo clima de opressão da época. A leitura que se propõe do conto de Kucinski, portanto, está orientada a entender de que maneira a literatura produzida no contexto pós ditadura civil-militar elabora a repressão política e suas sequelas. Para tanto, esse estudo, eminentemente bibliográfico, recorre a estudiosos de diversas áreas do conhecimento, dentre eles, Ginzburg, Sarlo, Seligmann-Silva e Viñar.


 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Letras: Linguagens e representações, pela Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Literatura Brasileira pela Universidade de São Paulo (Usp). Professor Titular da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc).

Publicado
2019-08-24
Como Citar
SANTANA, Suzeli Santos; DA SILVA, Cristiano Augusto. LITERATURA E REPRESSÃO: UMA ANÁLISE DO CONTO “DODORA”, DE BERNARDO KUCINSKI. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 11, n. 1, ago. 2019. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/5133>. Acesso em: 16 set. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v11i1.5133.
Seção
VERTENTES & INTERFACES I: Estudos Literários e Comparados