ESCRITA FEMININA E DISCURSO: A DESCOBERTA DE UM SUJEITO EM RACHEL DE QUEIROZ E HELEUSA CÂMARA

  • Gabriela Machado Silveira Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)
  • Adriana Maria de Abreu Barbosa Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb)

Resumo

O presente trabalho propõe ler e analisar a escrita e o discurso feminino nas escritoras nordestinas Rachel de Queiroz e Heleusa Câmara, a fim de problematizar a descoberta e construção do sujeito feminino. Como objeto de estudo tem-se o primeiro romance de Rachel de Queiroz, O Quinze, publicado pela primeira vez em 1930, e a coletânea de contos de Heleusa Câmara, Mulheres Acorrentadas, de 1982, na qual analisar-se-á, especificamente, os contos Joana da cata-nica e As lutas de Loura.  O objetivo é problematizar, através da observância das narrativas, como é realizada a construção do sujeito feminino por cada autora, além de questionar a noção de “sujeito universal”. Dessa forma, observa-se a relevância do trabalho, que busca perceber, de acordo com a visão de um elemento que muitas vezes foi deixado de fora da história, a noção da construção de protagonismo de sujeito marginalizado feminino. Como metodologia, sustentamo-nos na Análise Crítica do Discurso (ADC), proposta por Teun A. van Dijk (2010), para, além de apontar os discursos narrativos das autoras e suas protagonistas, também analisar, em uma perspectiva crítica-feminista, como ocorre a construção desses sujeitos.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda em Letras: Cultura, Educação e Linguagens pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Semiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Realizou estágio de Pós-doutorado no Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Professora Titular da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Publicado
2020-01-28
Como Citar
SILVEIRA, Gabriela Machado; BARBOSA, Adriana Maria de Abreu. ESCRITA FEMININA E DISCURSO: A DESCOBERTA DE UM SUJEITO EM RACHEL DE QUEIROZ E HELEUSA CÂMARA. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2020. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/5421>. Acesso em: 21 fev. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v11i2.5421.