O DISCURSO PUBLICITÁRIO E A CRIAÇÃO DE PALAVRAS NOVAS: O DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA LEXICAL

  • Aderlande Pereira Ferraz Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)

Resumo

Este artigo, numa perspectiva pedagógica, trata do desenvolvimento da competência lexical a partir da análise de textos publicitários e mostra a renovação do léxico do português brasileiro pelos processos mais comuns de neologia. O objetivo é ressaltar a importância do discurso publicitário no âmbito escolar, explorando, sobretudo, os aspectos de criatividade discursiva e de inovação semântico-lexical. No âmbito da competência lexical, o artigo discute o que significa conhecer uma palavra e, para a conceituação de neologismo, adota o critério lexicográfico (ALVES, 1984, 1990; SANDMANN, 1989; CABRÉ, 1993), em que a unidade lexical será neológica se ainda não estiver registrada em um dicionário de língua. Nesse contexto, o que se pretende é enfatizar o trabalho com textos publicitários na sala de aula de língua portuguesa, com base em um estudo descritivo de alguns neologismos midiáticos, obtidos de anúncios publicitários que evidenciam a criatividade no português brasileiro, por meio do aparecimento de palavras novas.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professor associado da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), onde também atua como docente permanente do Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos. Doutor em Linguística e Língua Portuguesa pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade de São Paulo (Usp).

Publicado
2020-01-27
Como Citar
FERRAZ, Aderlande Pereira. O DISCURSO PUBLICITÁRIO E A CRIAÇÃO DE PALAVRAS NOVAS: O DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA LEXICAL. fólio - Revista de Letras, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2020. ISSN 2176-4182. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/folio/article/view/5575>. Acesso em: 04 jul. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/folio.v11i2.5575.