O ENSINO DE GEOGRAFIA E A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA NOS ANOS INICIAIS

  • Crislane da Silva Oliveira UESB
  • Andrecksa Viana Oliveira Sampaio UESB

Resumo

A aprendizagem é um processo inerente ao aluno que deve assumir a função de questionar, dialogar e aprender. Com os avanços tecnológicos, a sociedade tem passado por transformações que resultam em práticas pedagógicas e construção de novos saberes. Na escola, a Geografia traz uma leitura de mundo aos educandos privilegiando a relação sociedade e natureza. Este artigo tem por objetivo compreender como acontece a aprendizagem significativa nos anos iniciais a partir do ensino de Geografia e baseia-se nas ideias de Straforini (2001), Ponthuscka (2007), Freire (1996), dentre outros. A aprendizagem é considerada significativa quando se relaciona com os outros conceitos e suposições relevantes, disponíveis na mente do estudante, no qual servem de suportes para que sejam introduzidas novas aprendizagens.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Referências

CALLAI, Helena Copetti. Aprendendo a ler o mundo: a Geografia nos anos iniciais do ensino fundamental. Cad. Cedes, Campinas, vol. 25, n. 66, p. 227-247, maio/ago. 2005. Disponível em http://www.cedes.unicamp.br Acessado em: 11/08/2017
CASTELLAR, Sonia Maria Vanzella. Educação geográfica: a psicogenética e o conhecimento escolar. Cad. Cedes, Campinas, vol. 25, n. 66, p. 209-225, maio/ago. 2005. Disponível em Acessado em: 11/08/2017
CASTROGIOVANNI, Antonio Carlos (org.), CALLAI, Helena Copetti, KAERCHER, Nestor André. Ensino de Geografia: práticas e textualizações no cotidiano. 10. ed. – Porto Alegre: Mediação, 2012.
CAVALCANTI, Lana de Souza. Formação de Professores: Concepções e Práticas em Geografia. Goiânia: Editora Vieira, 2006.
CORRÊA, Roberto Lobato. Espaço: um conceito-chave da geografia. In: CASTRO, Iná Elias, GOMES, Paulo César da Costa, CORRÊA, Roberto Lobato (orgs.) Geografia: Conceitos e Temas. 5ª edição. Bertrand: Rio de Janeiro, 2003.
FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários a prática educativa. 25ª Ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.
FREITAS, Eliane Sermidi; SALVI, Rosana Figueiredo. A ludicidade e a aprendizagem significativa voltada para o ensino de Geografia. Londrina, Universidade Estadual de Londrina, 2007.
GOULART, Beatriz Ligia. O que afinal um professor dos anos iniciais precisa saber para ensinar Geografia? Percursos, Florianópolis, v. 13, n. 02, p. 08 – 19, jul./dez. 2012. Disponível em Acessado em: 25/08/2017.
MENDES, G. F. Memórias, discursos e representações sociais: um olhar para os 25 anos do Curso de Geografia da UESB. Vitória da Conquista: Edições UESB, 2011.
PELIZZARI, Adriana; KRIEGL, Maria de Lurdes; BARON, Márcia Pirih; FINCK, Nelcy Teresinha Lubi; DOROCINSKI. Teoria da Aprendizagem Significativa segundo Asubel. Rev. PEC, Curitiba, v.2, n.1, p.37-42, jul. 2001-jul. 2002.
PONTUSCHKA, Nídia Nacib (et al.). Para ensinar e aprender Geografia. São Paulo: Cortez, 2007.
SELBACH, S. Geografia e Didática. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.
STRAFORINI, Rafael. A totalidade mundo nas primeiras séries do ensino fundamental: um desafio a ser enfrentado. Terra Livre, São Paulo, v.1, n.18, p. 95-114, jan/jun. 2002.
Publicado
2018-06-02
Como Citar
OLIVEIRA, Crislane da Silva; SAMPAIO, Andrecksa Viana Oliveira. O ENSINO DE GEOGRAFIA E A APRENDIZAGEM SIGNIFICATIVA NOS ANOS INICIAIS. Geopauta, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 110-121, jun. 2018. ISSN 2594-5033. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/geo/article/view/3858>. Acesso em: 17 ago. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/rg.v2i1.3858.
Seção
Artigos

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##