Escrevivências de uma Professora Afroindígena

  • Noélia da Silva Miranda de Araújo Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

O relato em questão, parte de escrivivências afroindígenas construídas nas fronteiras do ser afro e ser Pataxó, interseccionando-as com minhas experiências de se construir professora e escritora. Neste sentido, o relato tem como objetivo partilhar os caminhos da docência-militância em torno da temática étnico-racial, bem como o trabalho de compor narrativas infanto-juvenis sobre essa temática.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-06-30
Como Citar
DE ARAÚJO, Noélia da Silva Miranda. Escrevivências de uma Professora Afroindígena. ODEERE, [S.l.], v. 3, n. 5, p. 194-205, jun. 2018. ISSN 2525-4715. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/odeere/article/view/4146>. Acesso em: 23 set. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/odeere.v3i5.4146.