Memórias de devoção e saberes ancestrais afrodiaspóricos: A Irmandade de São Benedito da Casa Verde, São Paulo (SP)

  • Bruno Garcia dos Santos Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
  • Amailton Magno Azevedo Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)

Resumo

Mesmo diante do violento processo de desterritorialização vivido pelas inúmeras comunidades africanas no contexto da dominação colonial europeia, práticas e saberes ancestrais foram ressignificados e reelaborados de forma a impregnar o tecido social das culturas negras das Américas. Nesta perspectiva, este artigo insere-se em um conjunto de reflexões que visam exaltar a importância da preservação de memórias afrodiaspóricas no Brasil. Para tanto, particulariza-se um território negro no município de São Paulo, o bairro da Casa Verde na zona norte da cidade. Com base na História oral e na pesquisa de campo, o objetivo central da presente pesquisa é sugerir possíveis traduções acerca da presença e permanência de ancestralidades negro-africanas na urbe paulistana a partir das narrativas compartilhadas e dos trabalhos de memória de Lucinda de Oliveira Marcelino. A colaboradora/narradora é filha de uma das fundadoras da Irmandade de São Benedito da Casa Verde, inaugurada em 1941. O acesso às memórias reconstruídas de Dona Lucinda permitem sinalizar a presença de práticas ancestrais marcadas por cosmovisões herdadas e protagonizadas por mulheres. Tais concepções constroem identidades afirmadas que singularizam as experiências negras na metrópole, expressando valores civilizacionais e extraocidentais comunitários fundamentais à humanidade.


Palavras-chave: Casa Verde; Protagonismos femininos; Irmandades negras; Práticas ancestrais; Territórios afrodiaspóricos.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-30
Como Citar
GARCIA DOS SANTOS, Bruno; MAGNO AZEVEDO, Amailton. Memórias de devoção e saberes ancestrais afrodiaspóricos: A Irmandade de São Benedito da Casa Verde, São Paulo (SP). ODEERE - Revista do Programa de Pós-Graduação em Relações Étnicas e Contemporaneidade, [S.l.], v. 3, n. 6, p. 198-225, dez. 2018. ISSN 2525-4715. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/odeere/article/view/4326>. Acesso em: 13 out. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/odeere.v3i6.4326.