A realidade do Ensino Médio do campo no contexto da Educação das Relações Étnico-Raciais

Resumo

O racismo é um dos problemas sociais que mais interferem nas relações cotidianas do ser humano, principalmente, no que diz respeito à população negra. Esse problema implica em sérias consequências no convívio entre as pessoas, gerando a necessidade de que intervenções sejam realizadas em âmbitos sociais para consciência e respeito mútuo, reconhecendo e valorizando diferenças raciais. A Educação das Relações Étnico-Raciais, que tem como pilar a Lei 10.639/2003, é uma das bases para que a temática étnico-racial possa ser discutida na escola como forma de combate à práticas retrogradas de racismo e ideologias de superioridade de raças. Esse estudo de caso, realizado no interior da Bahia no Ensino Médio, teve como objetivo entender como tem sido a abordagem étnico-racial no ambiente e sua influência no cotidiano dos envolvidos. Observou-se que alunos e educadores têm percepções diferentes sobre o tratamento despendido ao negro no ambiente escolar; que a escola não tem feito inferências significativas sobre a temática; que falta conhecimento sobre as diretrizes para a Educação das Relações Étnico-Raciais; dentre outros. A partir dos achados verifica-se que faltam intervenções educacionais e formação profissional para abordagem discursiva e prática sobre a temática racial no ambiente.


Palavras-chave: Educação; Ensino Médio; Relações Raciais; Racismo.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Ensino pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia. Possui graduação em Administração pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (2016). Tem experiência na área de Administração e Educação Profissionalizante, com ênfase em administração, finanças, preparatória para admissão no ensino superior, atendimento, gestão, empreendedorismo e outros. Interesse em pesquisa e estudo nas áreas de Administração, Gestão, Educação e Políticas Públicas Sociais e Educacionais.

##submission.authorWithAffiliation##

Pós-doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal Fluminense (UFF), Doutora pelo Programa Multidisciplinar em Cultura e Sociedade da Faculdade de Comunicação (2012) da Universidade Federal da Bahia, mestre em Artes Cênicas pelo Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas (2005), graduada em Comunicação, com habilitação em jornalismo (1985) e em Licenciatura em Dança (1982), também, pela Universidade Federal da Bahia.

Referências

ABRAHÃO, Bruno Otávio de Lacerda. Uma leitura do racismo à brasileira’ a partir do futebol. Dissertação de Mestrado, Rio de Janeiro, 2006. Disponível em: www.ludopedio.com.br/v2/content/uploads/305306_Abrahao%20(M)%20-
%20Uma%20leitura%20do%20racismo%20a%20brasileira.pdf.

ALBUQUERQUE, Wlamyra R.; FILHO, Walter Fraga. Uma história do negro no Brasil/Salvador: Centro de Estudos Afro-Orientais, Brasília: Fundação Cultural Palmares, 2006.

BAHIA. Lei nº 1623 de 22 de fevereiro de 1962, cria o município de Belo Campo, desmembrado do de Vitória da Conquista. Disponível em: http://leisestaduais.com.br/ba/lei-ordinaria-n-1623-1962-bahia-cria-o-municipio-de-belocampo-desmembrado-do-de-vitoria-da-conquista.

BARROSO, Maria Alice. Para uma história do negro no Brasil. Rio de Janeiro, Biblioteca Nacional, 1988.

BERTOLDO, Mário. O indivíduo negro na sociedade e o papel da escola na desconstrução do racismo. In: Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor, 2014. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2014/2014_unespar-campomourao_geo_artigo_mario_bertoldo.pdf.

BERTULIO, Dora Lucia de Lima. Racismo, violência e direitos humanos. 2001. Disponível em: HTTP://152.92.152.60/web/olped/documentos/2296.pdf.

BRASIL. Ministério da Educação. História e cultura africana na Educação Infantil. Brasília, MEC/SECADI, UFSCar, 2014

_____. Ministério da Educação. Plano Nacional de Implementação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. 2013. Disponível em: http://www.crianca.mppr.mp.br/arquivos/File/publi/mec/diretrizes_curriculares_etnicorraciais__mec_2013.pdf.

CALASANS, Bruna Santos; SANTOS, Elisane Alves; CRUZ, Franciele Viana; SANTOS, Mateus Gonçalves Ferreira; ARAÚJO, Maria do Carmo. Democracia racial e a estigmatização do negro na mídia e na sociedade brasileira. Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste – Natal - RN – 2 a 4/07/2015. Disponível em: http://www.portalintercom.org.br/anais/nordeste2015

CAMINO, Leoncio; SILVA, Patrícia; MACHADO, Aline; PEREIRA, Cícero. A Face Oculta do Racismo no Brasil: Uma Análise Psicossociológica. Revista psicologia política, 2000. Disponível em: http://www.fafich.ufmg.br/~psicopol/psicopol/artigos_pub/artigo_4.pdf

CICONELLO, Alexandre. O desafio de eliminar o racismo no Brasil: a nova institucionalidade no combate à desigualdade racial. Poverty to Power, 2008. Disponível em: http://cebes.org.br/site/wp-content/uploads/2014/03/O-desafio-de-eliminar-o-racismo-noBrasil.pdf.

COELHO, Mauro Cezar; COELHO Wilma De Nazaré Baía. A lei no. 10.639/03 e consciência histórica: ensino de História e os desafios da Diversidade. XXVI Simpósio Nacional de História. ANPUH. Natal, RN, 2013. Disponível em: http://www.snh2013.anpuh.org/resources/anais/27/1364074796_ARQUIVO_TEXTOANPUHNATAL2013-MAUROCEZARCOELHOeWILMABAIACOELHO.pdf.

FARIAS, Alípio Magno Oliveira. A educação das relações étnico-raciais: a experiência da escola estadual porto em João Pessoa/PB. 2014. 49f. Monografia (Especialização em Fundamentos de Educação: práticas pedagógicas interdisciplinares) - Universidade Estadual da Paraíba, João Pessoa, 2014. Disponível em: http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/handle/123456789/9773.

FERREIRA, Thaís dos Reis. A negra: Diálogos entre a obra de Tarsila do Amaral e o feminismo negro. Centro de Estudos Latino-Americanos, USP, 2017. Disponível em: http://paineira.usp.br/celacc/?q=pt-br/celacc-tcc/975/detalhe.

FRANÇA, Ana Carolina Araújo. Políticas educacionais: discutindo a efetividade da lei 10.639/03 no Plano Nacional de Educação - 2014-2024. VII jornada internacional de políticas públicas, 2015. Disponível em: http://www.joinpp.ufma.br/jornadas/joinpp2015/pdfs/eixo13/politicas-educacionais-discutindoa-efetividade-da-lei-10639-03-no-plano-nacional-de-educacao---2014-2024.pdf.

FREITAS, Madalena Dias Silva. Refletir sobre a história do negro no Brasil: uma reposta ao racismo. II Congresso de Educação – UEG/UnU Iporá. 2012. Disponível em: https://docplayer.com.br/6110302-Refletir-sobre-a-historia-do-negro-no-brasil-uma-reposta-ao-racismo.html.

GOMES, Nilma Lino. Diversidade étnico-racial, inclusão e equidade na Educação brasileira: desafios, políticas e práticas. ANPAE, 2010. Disponível em: http://www.anpae.org.br/iberolusobrasileiro2010/cdrom/94.pdf.

GUIMARÃES, Antônio Sérgio Alfredo. Como trabalhar com "raça" em sociologia. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.29, n.1, p. 93-107, jan./jun. 2003. https://doi.org/10.1590/s1517-97022003000100008

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. População Estimada de Belo Campo, 2018. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ba/belocampo/panorama.

LONGO, Isis S. O estigma dos três Ps: pobre, preto, da periferia. A visão de adolescentes da Comunidade Heliópolis. 2011. Disponível em: http://www.proceedings.scielo.br/pdf/cjaba/n1/17.pdf

OLIVEIRA, Niltania Brito; SANTOS, Arlete Ramos. O conceito de raça e racismo com base na construção Histórico social. Anais UESC, 2015. Disponível em:
http://nead.uesc.br/jornaped/anais_2015/educacao_diversidade_inclusao/O_CONCEITO_DE_RACA_E_RACISMO_COM_BASE_NA_CONSTRUCAO_HISTORICO_SOCIAL.pdf.

SANTOS, Oswaldo de Oliveira. Cidadania: expressão do encontro da misericórdia com a verdade. 2010. Disponível em: https://portal.metodista.br/nfc/producao/artigos/Cidadania-expressao-do-encontro-damisericordia-com-a-verdade.pdf

SILVA, Kilma Maria Buonafina; FALCAO, Andreia Da Camara Lima; MOURA, Dayse. Educação das relações étnico-raciais: os desafios para a implementação da lei 10639 na rede municipal de Recife. 2012.

SILVA, Petronilha Beatriz Gonçalves. Aprender, ensinar e relações étnico-raciais no Brasil. Educação, Porto Alegre/RS, ano XXX, n. 3 (63), p. 489-506, set./dez. 2007. Disponível em:
http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/download/2745/2092.

TEIXEIRA, Erika Ferraz; CAMPOS, Josué de; GOELZER, Marlene Márcia. A permanência do racismo na sociedade brasileira. 2014. Disponível em http://www2.seduc.mt.gov.br/-/a-permanencia-do-racismo-na-sociedade-brasilei-1.

WEDDERBURN, Carlos Moore. O racismo através da história: da antiguidade à modernidade. 2007. Disponível em: http://www.ipeafro.org.br/10_afro_em_foco/index.htm.
Publicado
2019-12-30
Como Citar
SILVA, Luana Lima Bittencourt; WEINSTEIN, Mary. A realidade do Ensino Médio do campo no contexto da Educação das Relações Étnico-Raciais. ODEERE, [S.l.], v. 4, n. 8, p. 236-259, dez. 2019. ISSN 2525-4715. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/odeere/article/view/5704>. Acesso em: 23 fev. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/odeere.v4i8.5704.