(DES)CONSTRUÇÃO DE SABERES AFRO

Resumo

O referente trabalho tem por objetivo descrever parte das experiências obtidas mediante a participação na extensão em “Educação e Cultura Afro” desenvolvida pelo Órgão de Educação e Relações Étnicas – ODEERE. Na oportunidade, refletimos sobre as discussões obtidas nos dez módulos do curso e como essas pautas influíram diretamente nas concepções pressupostas acera da cultura afro. Em vista de se perceber o legado africano assumindo metodologias de resistência na contemporaneidade, a formação docente e discente deve procurar reaver e fortalecer de forma diversificada sua identidade e seu território para combater a discriminação racial. Dessa forma, o presente trabalho discorre sobre a importância do curso para alunos, professores e a comunidade em busca de melhor formação e rompimento do status quo étnico. Entretanto, aprendendo a respeitar e valorizar a cultura, o legado africano, a educação étnico-racial, por meio de práxis realmente efetivas em seus respectivos territórios de identidade.


Palavras-chave: Educação; Cultura; Afro; Saberes.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-30
Como Citar
SANTOS, Sávio Oliveira da Silva. (DES)CONSTRUÇÃO DE SABERES AFRO. ODEERE, [S.l.], v. 5, n. 9, p. 474-492, jun. 2020. ISSN 2525-4715. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/odeere/article/view/6347>. Acesso em: 08 jul. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/odeere.v5i9.6347.