O USO (CRÍTICO) DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO (NÃO COMPENSATÓRIA) DE JOVENS E ADULTOS

  • Bruno dos Santos Joaquim
  • Lucila Pesce

Resumo

A partir da compilação das ideias de diferentes pesquisadores do campo da educação de jovens e adultos e do campo de estudos sobre uso pedagógico das Tecnologias Digitais da Informação e da Comunicação (TDIC), este artigo objetiva: a) discutir as possibilidades oferecidas pelo uso crítico das TDIC na educação, em superação à perspectiva instrumental de seu uso; b) discutir os caminhos para romper com a perspectiva compensatória da educação de jovens e adultos; c) refletir sobre a relação entre o rompimento com os dois paradigmas citados e o conceito de empoderamento freireano, na perspectiva da conquista da autonomia e com vistas à promoção da transformação cultural dos grupos sociais adultos reinseridos na escola. Conclui-se que o propósito do empoderamento é central na ruptura com os velhos paradigmas de EJA e uso pedagógico das TDIC, posicionando-os dentro de uma visão emancipadora e capaz de desequilibrar o entendimento hegemônico do mainstream. Esta discussão pretende também contribuir para corroborar com a centralidade dos aspectos políticos presentes no campo da EJA e da perspectiva crítica do uso pedagógico das TDIC.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-06
Como Citar
JOAQUIM, Bruno dos Santos; PESCE, Lucila. O USO (CRÍTICO) DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS DA INFORMAÇÃO E DA COMUNICAÇÃO NA EDUCAÇÃO (NÃO COMPENSATÓRIA) DE JOVENS E ADULTOS. Práxis Educacional, [S.l.], v. 14, n. 29, p. 126-142, ago. 2018. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/4102>. Acesso em: 16 nov. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/praxis.v14i29.4102.