LEITURA E ESCRITA NA PERSPECTIVA DE PROFESSORAS PRÉ-ESCOLARES NA AMAZÔNIA PARAENSE.

  • Sinara Almeida da Costa
  • Rosianne de Sousa Valente
  • Hanna Helen da Silva Rêgo

Resumo

Esta pesquisa, pautada nos pressupostos da Teoria Histórico Cultural de Vigotski está vinculada ao estudo “Os Sentidos de Escrita Atribuídos por Crianças Pré-Escolares”, desenvolvida no âmbito do Mestrado Acadêmico em Educação da Universidade Federal do Oeste do Pará - UFOPA. A metodologia consta de observações da prática docente e realização de entrevistas semiestruturadas com duas professoras de pré-escola, sendo uma da rede pública e outra da rede particular de ensino do município de Santarém, PA. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com o objetivo de analisar as concepções das professoras da educação infantil acerca da leitura e escrita na pré-escola. A análise do trabalho permitiu observar o contraste quanto aos procedimentos metodológicos desenvolvidos no âmbito da leitura e escrita. Os resultados obtidos demostram que, ainda que haja diferenças significativas quanto ao proceder metodológico das duas professoras para a vivência das crianças com a cultura escrita, ambas se assemelham quando trazem a escolarização precoce para a rotina de atividades, promovendo um regresso quanto às conquistas advindas de estudos no que concerne às práticas de leitura e escrita na educação infantil. A formação das docentes implica diretamente em suas práticas, sendo norteadora para o seu planejamento, mediação e concepção de ensino. 

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-06
Como Citar
COSTA, Sinara Almeida da; VALENTE, Rosianne de Sousa; RÊGO, Hanna Helen da Silva. LEITURA E ESCRITA NA PERSPECTIVA DE PROFESSORAS PRÉ-ESCOLARES NA AMAZÔNIA PARAENSE.. Práxis Educacional, [S.l.], v. 14, n. 29, p. 143-159, ago. 2018. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/4103>. Acesso em: 10 dez. 2018. doi: https://doi.org/10.22481/praxis.v14i29.4103.