GOVERNANÇA CORPORATIVA NA POLÍTICA EDUCACIONAL: O PAPEL DA OCDE

  • Rodrigo da Silva Pereira Universidade Federal da Bahia - Brasil

Resumo

Este artigo tem como objetivo discutir o papel da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico no processo de governança corporativa da política educacional. Para tanto, analisa as estratégias do capital para conformação de redes de governança que rompem as barreiras entre o público e privado no contexto de redefinição do papel do Estado. Aponta que a Nova Gestão Pública faz parte do projeto neoliberal e caracteriza-o como um constructo de classe que, com apoio dos Organismos Internacionais, em particular, da OCDE, induz, não só o ethos privado na administração pública, assim como a presença ativa dos setores empresarias na definição e execução das políticas educacionais e na expropriação do fundo público para seus interesses. A análise dos documentos daquele Organismo Internacional desvela sua atuação como cimento orgânico na mediação de interesses entre as redes e o Estado, bem como seu papel propulsor das parcerias públicoprivadas, e defensor da formação de cidadãos e intelectuais de novo tipo, que consentem com a lógica do capital. Os resultados demonstram que, no contexto brasileiro, é possível identificar as intencionalidades políticas, econômicas, ideológicas e sociais que essas redes carregam, a exemplo das influências exercidas no PDE, na BNCC e na Reforma do Ensino Médio. Conclui que é preciso criar e fortalecer redes que congreguem universidades e sistemas públicos de Educação Básica a fim de construir marcos formativos contra-hegemônicos e que possam fortalecer o sentido público-estatal e suas finalidades sociais.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Cientista Social. Mestre e Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília/DF. É professor adjunto da Faculdade de Educação da Universidade Federal da Bahia, atuando na graduação e no Programa de Pós-Graduação em Educação. É membro da Linha de Pesquisas em Políticas e Gestão da Educação/FACED-UFBA.

Publicado
2019-01-17
Como Citar
PEREIRA, Rodrigo da Silva. GOVERNANÇA CORPORATIVA NA POLÍTICA EDUCACIONAL: O PAPEL DA OCDE. Práxis Educacional, [S.l.], v. 15, n. 31, p. 123-146, jan. 2019. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/4663>. Acesso em: 21 fev. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/praxis.v15i31.4663.