DESCONSTRUINDO E “INTERCULTURALIZANDO”: PROCESSOS EDUCATIVOS EM ENCONTRO COM INDÍGENAS DE RONDÔNIA

Autores

  • Armelinda Borges da Silva Universidade Federal de Mato Grosso – Brasil
  • Deloise Ângela Amorim de Lima Universidade Federal de Rondônia – Brasil
  • Josélia Gomes Neves Universidade Federal de Rondônia - Brasil

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxis.v15i31.4677

Palavras-chave:

Desconstrução. Educação Intercultural. Povos indígenas.

Resumo

O presente estudo tem o objetivo de discutir o conceito de interculturalidade em três vertentes, a saber: a relacional, a funcional e a crítica. Dessa forma, nos propomos a escutar e compreender os conhecimentos e desconhecimentos de estudantes acerca da temática Povos Indígenas. A realização deste estudo foi possibilitada pelas leituras de Walsh (2009), Tubino (2013) e Freire (1992) e pelos registros obtidos em uma atividade intercultural encaminhada pelo Programa PIBID Diversidade que ocorreu no 2º semestre de 2016. A referida ação ocorreu mediante a materialização de
diálogos interculturais envolvendo estudantes do 3º ano do ensino fundamental de uma escola da rede pública de Ji-Paraná (Rondônia) e indígenas do Curso de Licenciatura em Educação Básica Intercultural da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Esta pesquisa fundamenta-se nos pressupostos metodológicos da observação participante com registros das observações em campo (ANDRÉ, 2012) no decorrer do estudo. Os resultados evidenciam que o diálogo intercultural entre os diferentes povos constitui um recurso importante para desconstruir estereótipos e promover processos
de compreensão das diferenças culturais rumo a interculturalização do currículo e da prática
pedagógica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Armelinda Borges da Silva, Universidade Federal de Mato Grosso – Brasil

Armelinda Borges da Silva Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Graduada em Pedagogia pela Fundação Universidade Federal de Rondônia UNIR. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação na Amazônia (GPEA).

 

Deloise Ângela Amorim de Lima, Universidade Federal de Rondônia – Brasil

Mestranda em Educação Escolar, pela Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Graduada em Licenciatura em História pelo Centro Universitário Claretiano. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação na Amazônia (GPEA). 

Josélia Gomes Neves, Universidade Federal de Rondônia - Brasil

Doutora em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista (UNESP). Docente do Departamento de Educação Intercultural (DEINTER), Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Líder do Grupo de Pesquisa em Educação na Amazônia (GPEA). 

Downloads

Publicado

2019-01-17

Como Citar

da Silva, A. B., de Lima, D. Ângela A., & Neves, J. G. (2019). DESCONSTRUINDO E “INTERCULTURALIZANDO”: PROCESSOS EDUCATIVOS EM ENCONTRO COM INDÍGENAS DE RONDÔNIA. Práxis Educacional, 15(31), 347-365. https://doi.org/10.22481/praxis.v15i31.4677