CRIANÇAS NAS PALMAS DAS MÃOS: APONTAMENTOS PARA UMA ANÁLISE DA INFÂNCIA E DA ESCOLA EM UM MANUAL PSIQUIÁTRICO

  • Julia Mayra Duarte Alves Universidade Federal de Sergipe – Brasil
  • Lívia de Rezende Cardoso Universidade Federal de Sergipe – Brasil

Resumo

Neste artigo analisamos a partir de uma perspectiva foucaultiana, a política de verdade e efeitos produzidos por categorias diagnósticas presentes na quinta versão do Manual de diagnóstico e estatística dos transtornos mentais (DSM-5) a exemplo do Transtorno de déficit de atenção/hiperatividade (TDAH) na infância e na escola contemporânea. Buscamos identificar continuidades e descontinuidades presentes neste manual, seu lugar no interior das práticas discursivas, as estratégias através das quais seus ditos adquirem efeitos hegemônicos de verdades nas escolas. Desenvolvemos o argumento de que o DSM-5 é um artefato cultural produzido ao longo dos anos a partir de um conjunto de verdades advindas dos discursos médicos, biológicos, psicológicos e pedagógicos que classifica e descreve comportamentos, prescreve práticas direcionadas a infância e a escola. Observamos que no manual a infância não é pensada como um presente, mas sim como um momento que sinaliza os riscos sobre o futuro e que por isso vem se transformando em uma fase de identificação precoce, tratamento antecipado e até mesmo de prevenção de futuros transtornos mentais. Notamos que no campo da psiquiatria biológica representada pela DSM-5, as fronteiras entre a infância e a idade adulta estão cada vez mais borradas. As análises sinalizam, também, que estamos diante de um movimento de anulação e descrença em práticas pedagógicas não subordinadas aos conhecimentos da vertente biológica na psiquiatria, marcado pela adesão de diagnósticos medicalizantes pelas profissionais da educação.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (UFA).

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em educação (FaE/UFMG) e professora do Departamento de Educação (DEDI) e do Programa Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (PPGED/UFS). Grupo de Estudo e Pesquisa em Currículos e Culturas (GECC/UFMG) e Grupo de Pesquisa em Educação Científica (GEPEC).

Publicado
2019-05-10
Como Citar
DUARTE ALVES, Julia Mayra; CARDOSO, Lívia de Rezende. CRIANÇAS NAS PALMAS DAS MÃOS: APONTAMENTOS PARA UMA ANÁLISE DA INFÂNCIA E DA ESCOLA EM UM MANUAL PSIQUIÁTRICO. Práxis Educacional, [S.l.], v. 15, n. 32, p. 419-440, maio 2019. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5062>. Acesso em: 19 jun. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/praxis.v15i32.5062.