FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O USO PEDAGÓGICO DO VÍDEO: POSSIBILIDADES E DESAFIOS

Resumo





Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados de duas pesquisas que tiveram como foco investigar as perspectivas de docentes e de estudantes das licenciaturas, de uma Universidade Federal mineira, em relação ao uso do vídeo como recurso didático na formação docente. As pesquisas em questão são de natureza qualitativa. Em relação à produção de dados, Castro (2018) se baseou na realização de entrevistas com docentes das licenciaturas, na observação de aulas em que alguns desses docentes utilizaram o vídeo como recurso didático e em entrevistas com grupos de estudantes destas aulas. Vaz (2017), por sua vez, aplicou questionário e entrevistou estudantes de Pedagogia no contexto de uma oficina sobre produção e edição de vídeo, na qual foram feitas observações participantes. Como resultado, fruto do entrelaçamento dos dados de ambas as pesquisas, obtivemos que os sujeitos entendem que o vídeo pode ser considerado um recurso capaz de favorecer a aprendizagem, desde que o professor planeje o seu uso e o relacione com o que está sendo ensinado. Ademais, quando bem utilizado, ele permite que os estudantes desenvolvam o pensamento crítico e a capacidade de ouvir e dialogar com opiniões diferentes sobre um mesmo assunto. Porém, docentes e estudantes evidenciam que a estrutura das salas de aula pode limitar o uso dessa tecnologia. Os dados também sugerem que seria importante que os cursos de formação docente enfatizassem a utilização dos recursos audiovisuais e a importância de empregá-los em sala de aula, uma vez que os estudantes têm dificuldades de utilizá-los didaticamente.





DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda em Educação pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Departamento de Educação (DPE). Membro do Grupo de Atenção às Tecnologias na Educação (GATE).

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP). Professora do Departamento de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Viçosa (UFV). Coordenadora do Grupo de Atenção às Tecnologias na Educação – GATE.

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Professor da Faculdade de Viçosa (FDV). Membro do Grupo de Atenção às Tecnologias na Educação (GATE).

Publicado
2019-07-01
Como Citar
E CASTRO, Samira Bahia; DOS SANTOS, Silvana Claudia; VAZ, Rodrigo Teixeira. FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA O USO PEDAGÓGICO DO VÍDEO: POSSIBILIDADES E DESAFIOS. Práxis Educacional, [S.l.], v. 15, n. 33, p. 233-254, jul. 2019. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5285>. Acesso em: 17 jul. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/praxisedu.v15i33.5285.