DIFERENTES METODOLOGIAS DE ENSINO NA MATEMÁTICA: EXPECTATIVA X EXPERIÊNCIA EFETIVA

Resumo

Este estudo teve como principal objetivo, analisar as Expectativas e as Experiências Efetivas sobre o processo de ensino e de aprendizagem e as diferentes metodologias de ensino utilizadas nas práticas pedagógicas da área de Matemática, a partir do resultado de uma Pesquisa de Avaliação (Online) respondida por 87 alunos, participantes da pesquisa, do Ensino Médio da Educação de Jovens e Adultos (EJA) da modalidade à Distância da Escola SESI (Serviço Social da Indústria) da cidade de Itapetinga-BA. Um estudo de cunho quali-quantitativo e do tipo intervenção, onde utilizamos para análise os resultados das Pesquisas de Avaliação (Expectativas e Experiências Efetivas), respondidas pelos alunos antes de iniciar e ao finalizar a área de Matemática. Os “medos” demonstrados no resultado inicial da pesquisa foram motivos para o desenvolvimento de práticas de ensino diferenciadas, autônomas e interativas, que não tivessem nenhuma familiaridade com os métodos tradicionais de ensino. Desse modo, os planejamentos foram baseados na Resolução de Problemas, no Raciovitalismo, na Etnomatemática e na Modelagem Matemática, metodologias de ensino, na qual um dos pontos em comum é priorizar o conhecimento prévio do aluno e relacionar com os conteúdos matemáticos escolares. A mediação se concretizou de forma a corresponder à eficácia apresentada pelas tendências, onde despertaram tanto o intelecto quanto as emoções dos alunos. Dado a importância da razão e da emoção caminhar juntas numa didática, porque estabelece fortes vínculos no processo de ensino e de aprendizagem. Enfim, obtivemos excelentes resultados referente a superação de medos e da aprendizagem matemática dos alunos, nas quais foram evidentes nos resultados demonstrados na Pesquisa de Avaliação.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IFBaiano), Campus Guanambi, e do Serviço Social da Indústria (SESI). Grupo de Pesquisa e Estudos Pedagógicos (GPEP).

Publicado
2019-10-01
Como Citar
GUERRA, Adriana. DIFERENTES METODOLOGIAS DE ENSINO NA MATEMÁTICA: EXPECTATIVA X EXPERIÊNCIA EFETIVA. Práxis Educacional, [S.l.], v. 15, n. 35, p. 20-41, out. 2019. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5657>. Acesso em: 07 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/praxisedu.v15i35.5657.