MANDALAS PEDAGÓGICAS NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM: SABERES E SABORES NA FORMAÇÃO DOCENTE

Resumo

Este artigo perspectiva pensar as contribuições das metodologias e estratégias de ensino para a formação docente. Tem por objetivo descortinar as experiências referente a utilização na prática pedagógica e no processo de formação docente, de uma técnica de ensino e sua flexibilidade. Ainda buscamos conhecer a influência e a colaboração dessa técnica que convencionamos chamar de mandalas pedagógicas. Esta foi utilizada tanto na formação inicial quanto continuada; tanto no ensino quanto na pesquisa; visando a (re)construção de saberes e aprendizagens plurais. Constatamos que como estratégia pedagógica as mandalas pedagógicas são provocadoras de diálogos e contribuem para ultrapassarmos a simples reprodução de conteúdo e se mostraram como hábeis, principalmente, por explorar as dimensões artísticas e estéticas. Neste âmbito, as dimensões profissionais foram exploradas para compor o cotidiano dos espaços de formação e o processo formativo.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Pós-doutorado pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia(UESB). Professora da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal da Bahia; Grupo de Pesquisa e Estudos Pedagógicos/UESB e Docência, Currículo e Formação/UFRB.

Publicado
2019-10-01
Como Citar
FERREIRA, Lúcia Gracia. MANDALAS PEDAGÓGICAS NO PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM: SABERES E SABORES NA FORMAÇÃO DOCENTE. Práxis Educacional, [S.l.], v. 15, n. 35, p. 61-76, out. 2019. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5660>. Acesso em: 07 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/praxisedu.v15i35.5660.