RELAÇÕES ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: UMA REFLEXÃO SOBRE O FUTURE-SE

Resumo

Este artigo busca analisar, no contexto do capitalismo contemporâneo, alguns movimentos no âmbito da política educacional do atual governo federal dedicando-se ao recente programa Future-se, destinado à educação superior. Tal análise é realizada a partir da revisão histórica do avanço do capitalismo, especialmente na América Latina, com foco no Brasil. Os eixos do programa são abordados, em especial o que trata das Organizações Sociais, cuja tendência se configura como mecanismo de subsídio público a instituições geridas por organismos privados como uma alternativa de gestão para a educação pública brasileira. No desenvolvimento metodológico, procedemos ao levantamento e à análise de fontes primárias (documentos oficiais, institucionais e relatórios) e secundárias. Nas considerações, apresentamos as consequências para a educação no contexto atual.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Atua no Centro Universitário Metodista (IPA). Integra o Grupo de Pesquisa Educação e Inclusão no IPA.

##submission.authorWithAffiliation##

Doutor em Educação pela Universidade La Salle (UNILASALLE). Integra o Grupo de Pesquisa Educação e Inclusão no Centro Universitário Metodista (IPA). 

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Docente no Mestrado em ProfEPT no Instituto Federal do Sul-Rio-Grandense (IFSul) e docente no Campus Sapucaia do Sul. Integra o Grupo de Pesquisa Relações entre o Público e o Privado na Educação –GPRPPE na UFRGS. Coordena a pesquisa “Gestão Democrática no IFSul”.

Publicado
2020-01-01
Como Citar
REIS, Jonas Tarcísio; GONZAGA, Jorge Luiz Ayres; CAETANO, Maria Raquel. RELAÇÕES ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO NA EDUCAÇÃO BRASILEIRA: UMA REFLEXÃO SOBRE O FUTURE-SE. Práxis Educacional, [S.l.], v. 16, n. 38, p. 283-305, jan. 2020. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6009>. Acesso em: 27 fev. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i38.6009.