A ARITMÉTICA NA SEÇÃO PARA PEQUENOS MATHEMÁTICOS DA REVISTA O ECHO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i42.6281

Palavras-chave:

História da Educação., Jesuítas, Matemática

Resumo

O tema deste artigo é a Matemática em revista veiculada por colégio jesuíta do Rio Grande do Sul, no século XX. O objetivo é analisar os conhecimentos aritméticos nos problemas recreativos da seção Para Pequenos Mathemáticos da revista O Echo. Como o tema se insere na História da Educação Matemática no estado gaúcho, este estudo qualitativo e documental se ampara na história cultural, para análise da revista editada pelo Colégio Anchieta de Porto Alegre, no século passado. O público-alvo do Echo era a comunidade escolar e a mocidade católica brasileira, pois não havia revistas para os jovens estudantes, com conteúdos religiosos e morais e de formação geral. Nos problemas recreativos analisados, observaram-se conhecimentos aritméticos relacionados com operações fundamentais, critérios de divisibilidade, progressões, permutações e arranjos simples, evidenciando-se o raciocínio lógico e charadas. Os editores buscavam despertar o interesse e a curiosidade da mocidade estudiosa, contribuindo para circulação da revista e formação da juventude católica nos colégios onde a mesma circulava.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Malcus Cassiano Kuhn, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense – Brasil

LBRA/Canoas/RS/Brasil. Estágio Pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática – PPGECIM, na Universidade Luterana do Brasil – ULBRA/Canoas/RS/Brasil. Professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense – IFSul Câmpus Lajeado/RS/Brasil. Chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense – IFSul Câmpus Lajeado/RS. Coordenador do Polo UAB do IFSul Câmpus Lajeado/RS/Brasil. Membro da Câmara de Ensino do IFSul. Membro titular da Câmara de Pesquisa, Inovação e Pós-graduação do IFSul, representando a grande área de Ciências Exatas e da Terra. Membro titular do Conselho Editorial da Editora IFSul. Membro do Grupo de Pesquisas sobre Formação de Professores de Matemática – GPFPMat. Líder do Grupo de Pesquisa Estratégias de Ensino para Educação Básica e Profissional.

Silvio Luiz Martins Britto, Universidade Luterana do Brasil – Brasil

Doutor em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Luterana do Brasil- ULBRA/Canoas/RS/Brasil. Pós-doutorando no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática – PPGECIM – da Universidade Luterana do Brasil – ULBRA/Canoas/RS/Brasil. Professor das Faculdades Integradas de Taquara – FACCAT/Taquara/RS/Brasil. Membro do Grupo de Pesquisas sobre Formação de Professores de Matemática – GPFPMat.

Arno Bayer, Universidade Luterana do Brasil – Brasil

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade Pontifícia de Salamanca – Espanha. Professor e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática – PPGECIM da ULBRA/Canoas/RS/Brasil. Líder do Grupo de Pesquisas sobre Formação de Professores de Matemática – GPFPMat.

Referências

BRITTO, Silvio Luiz Martins. O ensino da aritmética nas escolas paroquiais católicas e no Ginásio Conceição, sob a ótica dos jesuítas nos séculos XIX e XX. 2016. 464 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Luterana do Brasil, Canoas, 2016.

BRITTO, Silvio Luiz Martins; BAYER, Arno; KUHN, Malcus Cassiano Kuhn. A contribuição dos jesuítas para o ensino da Matemática no Rio Grande do Sul. São Leopoldo, RS: Ed. UNISINOS, 2020.

CHARTIER, Roger. A História Cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel, 1990.

KUHN, Malcus Cassiano. O ensino da matemática nas escolas evangélicas luteranas do Rio Grande do Sul durante a primeira metade do século XX. 2015. 466 f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática) – Universidade Luterana do Brasil, Canoas, 2015.

KUHN, Malcus Cassiano; BAYER, Arno. A matemática nas escolas paroquiais luteranas gaúchas do século XX. Canoas: Ed. ULBRA, 2017.

LEITE, Luiz Osvaldo. A revista O ECHO e sua trajetória. Porto Alegre/RS, 16 mar. 2018. Estágio Pós-doutoral em Programa de Pós-Graduação. Entrevista concedida a XXX.

O ECHO: revista ilustrada para a mocidade estudiosa. Typographia do Centro: Porto Alegre, 1914-1931.

O ECO: revista ilustrada para a mocidade brasileira. Tipografia do Centro: Porto Alegre, 1932-1969.

RELATÓRIO DO COLÉGIO ANCHIETA. Porto Alegre, 1914. p. 28.

SERRA, Áurea Esteves. As associações de alunos das escolas normais do Brasil e de Portugal: apropriação e representação (1906-1927). 2010. 290 f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010.

SPOHR, Inácio. Memórias dos 665 Jesuítas da Província do Brasil Meridional. Novembro de 1867 – novembro de 2011. Porto Alegre: Livraria e Editora Padre Reus, 2011.

VALENTE, Wagner Rodrigues. História da Educação Matemática: interrogações metodológicas. REVEMAT – Revista Eletrônica de Educação Matemática, UFSC, v. 2.2, p. 28-49, 2007.

WEIDUSCHADT, Patrícia. A revista “O Pequeno Luterano” e a formação educativa religiosa luterana no contexto pomerano em Pelotas – RS (1931-1966). 2012. 273 f. Tese

(Doutorado em Educação) – Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2012.

Downloads

Publicado

2020-10-01

Como Citar

Kuhn, M. C., Britto, S. L. M., & Bayer, A. (2020). A ARITMÉTICA NA SEÇÃO PARA PEQUENOS MATHEMÁTICOS DA REVISTA O ECHO. Práxis Educacional, 16(42), 560-584. https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i42.6281