ESTADO DO CONHECIMENTO: A DIALOGICIDADE ENTRE A EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS

Resumo

Este trabalho tem como objetivo verificar e analisar o quantitativo e o que revelam os trabalhos publicados na biblioteca virtual nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), que dialogassem com a Educação Inclusiva dentro Educação de Jovens e Adultos (EJA), em um recorte temporal do ano de 2005 a 2017. A compreensão dos dados fundamenta-se nos pressupostos da abordagem qualitativa, de caráter descritivo-reflexiva (BARDIN, 2011). Do ponto de vista técnico-metodológico, a base foi análise bibliográfica (RIZOLA; FANTIN, 2016), na qual utilizamos o método de pesquisa Estado do Conhecimento (MOROSINI, 2015). Dessa forma, buscamos os artigos que trouxessem o diálogo entre Educação Inclusiva e EJA para perceber o que os trabalhos revelavam sobre os temas, quais as ligações feitas e como eles poderiam nos ajudar a pensar a relação dialógica da temática investigada. Os resultados da pesquisa evidenciam que, apesar da relevância dos artigos analisados, ainda há muitas lacunas dentro da reflexão dessa temática: estudos que dialoguem sobre a formação de professores para atuarem na perspectiva inclusiva na EJA; qual a melhor maneira de estruturar a modalidade em uma perspectiva inclusiva; a interrelação entre os participantes; bem como os aspectos e desdobramentos curriculares dentro dessa perspectiva.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.

Biografias do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Mestranda em Educação no Instituto Federal Catarinense (IFC) Campus Camboriú. Graduada em Pedagogia na Universidade do Estado da Bahia, Campus XII. Grupo de pesquisa: Linguagem, Cognição e Tecnologia.

##submission.authorWithAffiliation##

Doutora em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora do Instituto Federal Catarinense (IFC), atuando no Programa de Pós-Graduação em Educação do IFC. Grupo de pesquisa: Linguagem, Cognição e Tecnologia.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília, 2019.

HAAS, Clarissa; BAPTISTA, Claudio Roberto. A Educação de Jovens e Adultos e a Educa-ção Especial: os sujeitos e as políticas públicas em foco. In: 36ª Reunião Nacional da ANPEd, 37. 2013, Goiás, Anais [...]. UFG: Goiás. Disponível em: http://36reuniao.anped.org.br/pdfs_trabalhos_aprovados/gt15_trabalhos_pdfs/gt15_3032_texto.pdf. Acesso em: 25 mar. 2020.

JARDILINO, José Rubens de Lima; ARAÚJO, Regina Magna Bonifácio de. Educação de Jovens e Adultos: sujeitos saberes e práticas. São Paulo: Cortez, 2014.

MIRON, Keren Talita Silva; REIS, Sônia Maria Alves de Oliveira. A inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais na Educação de Jovens e Adultos: algumas discussões. Revista Práxis Educacional, Vitória da Conquista, v. 13, n. 24, p. 95-116, jan./abr. 2017. Disponível em: http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/932. Acesso em: 20 mar. 2020.

MORAES, Salete Campos de. A EJA como espaço de inclusão e empoderamento. In: MO-RAES, Salete Campos de. Educação Especial na EJA: contemplando a diversidade. Porto Alegre, Prefeitura Municipal de Educação, 2007, p. 13-22.

MOROSINI, Marília Costa; FERNANDES, Cleoni Maria Barboza. Estado do Conhecimento: conceitos, finalidades e interlocuções. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 5, n. 2, p. 154-164, jul.-dez. 2014. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/porescrito/article/view/18875. Acesso em: 18 mar. 2020.

MOROSINI, Marilia Costa. Estado de conhecimento e questões do campo científico. Revista Educação. Santa Maria, v. 40, n. 1, p. 101-116, jan./abr. 2015. Disponível em: https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/15822. Acesso em: 25 jan. 2020.

RANGEL, Fabiana Alvarenga. A totalidade da deficiência e os direitos do homem egoísta em apropriações da inclusão escolar. In: 34ª Reunião Nacional da ANPEd, 34., 2011, Natal. Anais [...]. Natal. Disponível em: http://34reuniao.anped.org.br/images/trabalhos/GT15/GT15-341%20int.pdf. Acesso em: 21 mar. 2020.

RIZOLA, Jairo; FANTIN, Nádia. Revisão da Literatura e Revisão Sistemática da Literatura. RELVA, Juara/MT/Brasil, v. 3, n. 2, p. 23-39, jul./dez. 2016. Disponível em: https://periodicos.unemat.br/index.php/relva/article/view/1738. Acesso em: 25 jan. 2020.

SAVIANI, Dermeval. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Rev. Bras. Educ., abr. 2009, vol.14, n. 40, p. 143-155. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n40/v14n40a12.pdf. Acesso em: 10 fev. 2020.

VARELLA, Maria da Conceição Bezerra. EJA e Educação Especial: caminhos que se cruzam. In: 34ª Reunião Nacional da ANPEd, 34., 2011, Natal. Anais [...]. Natal. Disponível em: http://34reuniao.anped.org.br/images/trabalhos/GT18/GT18-831%20int.pdf. Acesso em: 21 de jul. 2019.

WITCHS, Pedro Henrique; LOPES, Maura Corcini. Forma de vida surda e seus marcadores culturais. Educ. Rev. [online]. 2018, vol. 34, ago. 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/edur/v34/1982-6621-edur-34-e184713.pdf. Acesso em: 21 jan. 2020.
Publicado
2020-07-01
Como Citar
MIRON, Kerén Talita Silva; SCHARDOSIM, Chris Royes. ESTADO DO CONHECIMENTO: A DIALOGICIDADE ENTRE A EDUCAÇÃO INCLUSIVA E A EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS. Práxis Educacional, [S.l.], v. 16, n. 40, p. 592-611, jul. 2020. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/6580>. Acesso em: 08 ago. 2020. doi: https://doi.org/10.22481/praxisedu.v16i40.6580.