Das ideias pedagógicas em favor das diferenças a uma perspectiva filosófica da diferença: orientações baseadas em Deleuze, tarde e Leibniz

  • Luiz Artur Santos Cestari
  • Juciara Rodrigues Rocha Duarte

Resumo

Este trabalho faz parte de uma pesquisa que tem como objetivo analisar as formas de disseminação dos discursos em favor das diferenças e ou da pluralidade no pensamento pedagógico brasileiro recente e parte dopressuposto de que o pensamento pedagógico brasileiro tem sido influenciado por um cenário que é plural e diferente nos sujeitos. Esta influência tem sido significativa para a constituição de um novo contexto pedagógico que tem introduzido ao campo educacional um modo de falar das experiências formativas que traz a marca deste novo cenário. Diante disso, intencionado adiscutir o referencial teórico adequado para lidar com a circulação das ideias pedagógicas, neste contexto, sinaliza que, para estudar a diferença, é necessário uma filosofia da diferença. Por isso, mostra argumentos que justificam a escolha teórica, enfatizando uma configuração histórico-filosófica que envolve a tríade na perspectiva que parte de Gilles Deleuze e remete a Gabriel Tarde eGottfried Wilhelm Leibniz

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-10-30
Como Citar
SANTOS CESTARI, Luiz Artur; ROCHA DUARTE, Juciara Rodrigues. Das ideias pedagógicas em favor das diferenças a uma perspectiva filosófica da diferença: orientações baseadas em Deleuze, tarde e Leibniz. Práxis Educacional, [S.l.], v. 10, n. 16, p. 167-183, out. 2013. ISSN 2178-2679. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/768>. Acesso em: 22 set. 2019.