A escola como espaço social de memórias: o campus Cuiabá Octayde Jorge da Silva do IFMT nas representações de seus servidores

  • Iraneide de Albuquerque Silva

Resumo

Este estudo analisa as memórias e representações sociais construídas por servidores docentes e técnico-administrativos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso - campus Cuiabá Octayde Jorge da Silva ao longo de sua história institucional. Possui abordagem qualitativa e os pressupostos teóricos sobre os quais a pesquisa se assenta estão centrados em um diálogo entre os estudos da Memória Social numa perspectiva psicossocial e daqueles da Teoria das Representações Sociais. Os resultados revelaram que a memória socialmente construída acerca da instituição tende nitidamente para o polo positivo de avaliação e as representações que consubstanciam essa memória têm relação com a qualidade da educação ali ofertada. Foi também possível evidenciar diferenças entre as representações construídas pelos servidores no sentido de que os docentes privilegiam em suas memórias o aspecto organizacional enquanto que os técnico-administrativos o aspecto relacional.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Como Citar
SILVA, Iraneide de Albuquerque. A escola como espaço social de memórias: o campus Cuiabá Octayde Jorge da Silva do IFMT nas representações de seus servidores. Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências, [S.l.], v. 5, n. 1 e 2, p. 121-139, out. 2017. ISSN 2316-1205. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/1491>. Acesso em: 07 jul. 2020.
Seção
Artigos de Fluxo Contínuo