O papel da técnica na produção do capitalismo: uma análise do desenvolvimento histórico da I Revolução Industrial

  • Victor Andrade Silva Leal
  • Fátima Crislaine Batista Rocha
  • Jânio Roberto Diniz dos Santos

Resumo

Este artigo é derivado do esforço teórico de pesquisas individuais e coletivas realizadas no grupo de pesquisa Trabalho, mobilidade e relação campo-cidade. A centralidade do debate visa compreender a sociedade como fruto de múltiplas determinações na formação do modo de produção capitalista. Nosso objetivo geral é analisar a categoria técnica e sua determinação na formação social. Para objetivar à análise, foi feito um breve recorte histórico, destacando o período entre o século XVI e XVIII, que culminou na I Revolução Industrial, na Inglaterra. A análise do período foi feita a partir do surgimento da cooperação simples, a passagem desta para a manufatura e a inserção da maquinaria na produção, subsumindo realmente o trabalho ao capital.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Como Citar
SILVA LEAL, Victor Andrade; BATISTA ROCHA, Fátima Crislaine; DINIZ DOS SANTOS, Jânio Roberto. O papel da técnica na produção do capitalismo: uma análise do desenvolvimento histórico da I Revolução Industrial. Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências, [S.l.], v. 6, n. 1, p. 11-33, out. 2017. ISSN 2316-1205. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/1509>. Acesso em: 07 dez. 2019. doi: https://doi.org/10.22481/rbba.v6i1.1509.
Seção
Artigos de Fluxo Contínuo