DIFICULDADES NO SABER FAZER DOS PROFESSORES DE CIÊNCIAS NA ESCOLA INCLUSIVA

  • Lourdes Anésia Jesuina dos Santos
  • Ana Cristina Santos Duarte

Resumo

O presente artigo é parte de uma dissertação de mestrado realizada a partir de uma formação continuada com cinco professores que lecionam Ciências em uma escola inclusiva, no Ensino Fundamental II. Este artigo tem como objetivo identificar as dificuldades enfrentadas por professores de Ciências no processo ensino-aprendizagem na perspectiva inclusiva. Trata-se de uma pesquisa descritiva embasada na abordagem qualitativa. Participaram 05 professores de ciências que responderam a uma entrevista semiestruturada, para a obtenção dos dados e para a análise dos dados utilizamos a Análise Textual Discursiva. Os resultados apontam que as principais dificuldades enfrentadas pelos professores de Ciências são a falta de condições materiais, a superlotação em sala, a falta de cursos de formação continuada e falta de conhecimento sobre as necessidades especiais dos discentes. Pudemos constatar que os docentes acreditam na escola inclusiva, porém, requer constantes espaços de reflexão e formação continuada sobre a temática da inclusão, considerado as possibilidades de reflexões e redirecionamento do saber fazer dos professores no Ensino de Ciências.

DOWNLOADS

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-12-18
Como Citar
DOS SANTOS, Lourdes Anésia Jesuina; DUARTE, Ana Cristina Santos. DIFICULDADES NO SABER FAZER DOS PROFESSORES DE CIÊNCIAS NA ESCOLA INCLUSIVA. Revista Binacional Brasil-Argentina: Diálogo entre as ciências, [S.l.], v. 7, n. 2, p. 263-277, dez. 2018. ISSN 2316-1205. Disponível em: <http://periodicos2.uesb.br/index.php/rbba/article/view/4650>. Acesso em: 19 set. 2019.
Seção
Artigos de Fluxo Contínuo